Na Semana da Juventude: Jovens estagiários da Fundação Beatriz Gama participam de Oficina sobre Mercado de Trabalho

Cerca de 20 jovens conheceram várias secretarias municipais no Palácio 17 de Julho e se encontraram com o prefeito Samuca Silva

 

Cerca de 20 jovens do Programa de Estágio do Adolescente Assistidos da Fundação Beatriz Gama, estiveram nesta quinta-feira, dia 09, no Palácio 17 de Julho, sede da prefeitura de Volta Redonda, onde conheceram as instalações da EPD(Empresa de Processamento de Dados), as secretarias municipais de Fazenda, Administração, Procuradoria e depois foram ao gabinete conversar com o prefeito Samuca Silva. A visita fez parte da programação da Semana Municipal da Juventude.

 

Os jovens fizeram contatos com os secretários municipais Marcus Vinicius Convençal (Ação Comunitária), Joselito Magalhães (Desenvolvimento Econômico e Turismo), Dayse Penna (Mulher, Idosos e Direitos Humanos), Aline Ribeiro (Cultura), Cláudia Dornelas (presidente da Fundação Beatriz Gama), onde todos fizeram um pequeno resumo profissional para mostrar como chegaram às funções públicas que desempenham atualmente.

 

A presidente da FBG, Cláudia Dornelas, lembrou a eles que o prefeito Samuca Silva, que tem 36 anos, é o mais jovem prefeito da história política de Volta Redonda e que tem uma linguagem que se identifica com a juventude, e justificou a programação na Semana da Juventude: “Eles fazem parte do Programa de Estágio do Adolescente Assistido, treinados pela Fundação, estão vendo o que significa postura, respeito para serem bem aceitos, adesão ao programa de disciplina, tendo conhecimentos de valorização do primeiro emprego, participação na oficina para inseri-los no mercado de trabalho”.

No bate papo com Samuca, o prefeito pediu perguntas, identificou os bairros de onde eram os jovens, falou das conquistas da administração, principalmente na questão econômica de geração de empregos, liberação mais rápida do alvará de funcionamento que sai em até 5 dias, quando na administração passada demorava até 70 dias desanimando os empresários a investir no município. “ A empresa precisa de um documento chamado alvará para funcionar, a loja estava pronta e o dono teria que esperar 70 dias para conseguir. Hoje em até 5 dias consegue o alvará. Até 2020 vamos entregar uma cidade bem melhor”, comentou.

O aprendiz Rômulo Coelho Mota, 17 anos, morador do bairro Belmonte, do programa da FBG, disse que recebe uma bolsa mensal como ajuda de R$ 480,00 reais, além do vale transporte. Ele trabalha na PGM (Procuradoria Geral do Município), foi um dos poucos a perguntar: “O contato foi bacana, eu já conhecia o prefeito Samuca e estou satisfeito com as respostas dele sobre os caminhos para a gente ter um emprego, estudar e se preparar fazendo um dos cursos da prefeitura”, frisou.

Segundo o Coordenador da Juventude de Volta Redonda, Luciano Campos, o momento é de oportunidades: “A cidade vive um momento  de transformação, onde todas as ações do poder público se converteram em ações transversais e multidisciplinares para uma construção coletiva. Em cumprimento a lei municipal 4.980, que criou a Semana da Juventude, toda a administração pública se juntou para a elaboração de um programa de atividades para a formação educacional, profissional e social dos jovens, em capacitação coletiva e individual”,concluiu.

Após a visita, os jovens participaram de uma Oficina sobre Mercado de Trabalho, com as palestrantes, Renata Alarcão (Coach de carreiras e negócios e analista de RH) e Ana Raquel Neris, graduada em Psicologia da Universidade Federal Fluminense, que abordaram sobre Dinâmica de Profissão e Vocação.

Por Afonso Gonçalves, com fotos de Gabriel Borges