Aula com o Quarteto de Cordas da Universidade Federal Fluminense aconteceu na sede do projeto, no bairro Vila Mury

 

Para desenvolver e aprimorar as potencialidades dos alunos, o projeto Volta Redonda Cidade da Música recebeu, nesta quinta-feira, dia 28, uma Masterclass com o Quarteto de Cordas da Universidade Federal Fluminense (UFF). Os músicos farão um concerto em Volta Redonda. A atividade aconteceu na sede do projeto, no bairro Vila Mury, onde também acontecerá a apresentação dos músicos, a partir das 19h. Os alunos puderam participar das aulas e violino, viola e violoncelo, com os músicos profissionais Tomaz Soares, Ubiratã Rodrigues, Jessé Pereira e David Chew.

 

“A comunidade precisa tomar posse do Volta Redonda Cidade da Música. E essa aula é muito importante, pois estamos trazendo o que tem de melhor para os nossos alunos. Além das informações técnicas, eles são exemplo para os nossos jovens, pois a música inspira. Só através da repetição conseguimos alcançar a perfeição”, explicou a maestrina Sarah Higino.

 

Pela primeira vez dando aula para os alunos do Volta Redonda Cidade da Música, o violinista e um dos membros do Quarteto de Cordas da UFF, Tomaz Soares, destacou a qualidade técnica dos alunos do projeto. “Queria agradecer o convite. É um prazer imenso ministrar essa aula para esses alunos e estou muito impressionado com a qualidade deles e o nível de atenção e execução deles. É muito especial o que é realizado em Volta Redonda. Iniciativas como essas deveriam replicadas no nosso país”, falou.

 

Para o monitor de violino Frederico Siqueira, há sete anos no projeto, essa foi uma ótima oportunidade de aprendizado. “É muito importante para que tenhamos uma outra visão. São diferentes técnicas e, através dessa aula, conseguimos ter outras vivências e oportunidade de crescimento. Todos os dias estamos aprendendo”, contou.

 

Já a monitora de violoncelo Mariana Pimenta, que está há 16 anos no projeto, são metodologias diferentes das que os alunos estão acostumados. “O Volta Redonda Cidade da Música foi muito importante na minha vida profissional e pessoal, pois aqui aprendemos muitos. Essa aula apresenta uma outra metodologia que não estamos acostumados, é uma ótima oportunidade de aprender coisas diferentes com profissionais renomados”, enfatizou.

 

O Projeto Volta Redonda Cidade da Música vai começar neste domingo, dia 1º, suas tradicionais apresentações de final de ano. O primeiro lugar a receber a Orquestra de Cordas do projeto será a Igreja da Candelária, no Rio de Janeiro, com a regência de José Sérgio. Outras dez apresentações serão realizadas em Volta Redonda.

 

Maria Clara Sales com foto Gabriel Borges – Secom/VR