Colégio Getúlio Vargas ficou em primeiro lugar na classificação geral

 

O encerramento do 22º InterFevre agitou a manhã desta quarta-feira, dia 23, em Volta Redonda. Mais de 300 alunos das cinco unidades da Fundação Educacional de Volta Redonda (Fevre) participaram das finais de futsal, realizadas na quadra do Colégio Getúlio Vargas. A competição estudantil teve início em maio.

 

Mais de 2.500 alunos participaram do evento durante as sete etapas realizadas. O Colégio Getúlio Vargas levou o título de campeã, seguido pelo Colégio Professora Themis de Almeida e Colégio João XXII. “A competição é muito saudável, desperta o espirito de equipe, o respeito, além de promover a integração dos alunos com outras escolas. Foi mais um ano de sucesso do InterFevre com a participação dos profissionais e alunos de uma forma harmônica. O esporte tem o poder de união e sabemos da importância dele para esses jovens”, explicou o prefeito Samuca Silva.

 

Segundo Gabriel Lopes, de 15 anos, do Colégio Getúlio Vargas, participar do interFevre é sempre uma alegria. “Eu adoro jogar futsal e nossa equipe sempre treina e se prepara para a competição. Não tem tanta rivalidade, pois muitos são amigos, mesmo estudando em colégios diferentes. Nossos professores incentivam tanto a gente que sempre fico feliz em participar”, contou.

 

Sete modalidades foram disputadas nestes seis meses de competição: xadrez, tênis de mesa, handebol, futsal, basquete 3x3, vôlei e queimada. O presidente da Fevre, Waldyr Bedê, destacou que o InterFevre incentiva a integração e o espirito esportivo nos alunos.

 

“O InterFevre promoveu mais uma vez a integração entre os alunos das cinco unidades escolares da fundação. Nosso objetivo foi dar oportunidade para que nossos alunos tenham vivência competitivas e também o espirito esportivo. Queria parabenizar a equipe que realizou esse evento de sucesso e aos alunos pela conquista”, disse.

 

Por Maria Clara Sales com fotos Geraldo Gonçalves – Secom VR