Empresa está gerando 90 empregos diretos, priorizando investimentos no comércio da cidade e pretende alcançar 20 mil veículos/dia com vagas disponíveis

 

O presidente da EPD (Empresa de Processamento de Dados), Matheus Moreira Cruz, acompanhado de outros integrantes do Governo Municipal, se reuniu com representantes da empresa Consórcio Rotativo VR Digital, como o gerente de operações, Hoffmanm Barbosa, e o consultor César Mourão, que estão operando o sistema de vagas no trânsito em Volta Redonda através do VR Parking Estacionamento Rotativo. O encontro visou esclarecer dúvidas e apresentar normas de funcionamento do sistema implantado na cidade desde segunda-feira, dia 06.

 

Também presentes à reunião, os presidentes da Aciap (Associação Comercial Industrial Agro Pastoril), Luiz Fernando Soares Cardoso, e do Sicomércio, Jerônimo Santos, elogiaram o novo sistema de estacionamento. “É preciso que atenda bem ao consumidor, à prefeitura e ao comércio da cidade. A nossa expectativa é boa porque o comércio tem que ser incentivado. O cliente tem que chegar e encontrar a sua vaga disponível e não pode ser penalizado com a faltas de vagas", afirmou Luiz Fernando.

 

Para Jerônimo, o novo sistema traz muitos benefícios para todos, principalmente pela facilidade de localizar as vagas.

 

A exposição foi feita pelo assessor técnico da EPD, Ideraldo Duque. A expectativa é que 20 mil veículos estarão utilizando as vagas diariamente, gerando 90 empregos direto imediatamente e mais 60 vagas de empregos indiretos durante os dois primeiros anos de atividade.

 

Vagas disponíveis

 

O novo sistema começou pelos bairros Vila Santa Cecilia e Centro (Avenida Amaral Peixoto) e terá um período educativo de 14 dias com a cobrança do estacionamento, mas sem notificação e multa. Dois panfletos serão entregues aos motoristas, um parabenizando pelo estacionamento correto e outro de cor vermelha, alertando para o estacionamento irregular e como estacionar na vaga corretamente. Na Vila Santa Cecília estão sendo disponibilizadas 1521 vagas, sendo que 70 vagas para idosos, 39 vagas para PNE (Portadores de Necessidades Especiais) e 252 para motos.

 

A Amaral Peixoto contará com 457 vagas. O número de seis vagas destinada para idosos aumentou para 20, além de nove vagas para pessoas com necessidades especiais e 104 para motocicletas.

 

Os benefícios e tarifas

 

O VR Parking foi dividido em zonas Azul, Verde, Laranja. Não haverá máquinas para a retirada do ticket. A alocação será através do número da vaga e a placa do veiculo, baixada pelo aplicativo, ou por meio de compra com monitores e nos pontos de vendas. O aplicativo 'Digipare' deve ser baixado na Play Store ou APP Store do smartphone. A recarga do APP pode ser feita por cartão de crédito, débito ou boleto. Usando o aplicativo Digipare, você pode emitir seu ticket eletrônico de estacionamento, fazer a recarga do seu crédito virtual, controlar o seu saldo e suas ativações. O aplicativo faz o check in e o check out da vaga, possibilitando a renovação do tempo da vaga dentro do limite. E avisa quando estiver terminando o tempo contratado.

 

O recolhimento de ISS (Imposto Sobre Serviços) é de 5% sobre 65% da arrecadação, sendo que 35% da arrecadação retorna ao município. Deste valor, 80% é para investimento em tecnologia, 10% para investimento em infraestrutura e 10% para investimento na Guarda Municipal. A expectativa da concessionária do estacionamento VR Parking, é que 20 mil veículos utilizem as vagas diariamente.

 

Os valores ficaram assim definidos:

- Zona Azul, área central dos bairros que já possuem o sistema hoje, 30 minutos: R$ 1,25/ 60 min a R$ 2,50, máximo de 3 horas.

- Zona Verde, área central dos bairros que não possuem o sistema. 30 min: R$ 1,00/ 60 min R$ 2,00. Máximo de 3 horas.

- Zona Laranja, área limítrofes às áreas centrais das Zonas Azul e Verde, 30 min a R$ 0,75/ 60 min; R$ 1,50. Máximo de 4 horas.

- Motos, tanto faz nas Zonas Azul, Verde e Laranja: R$ 0,50 por 30 min. R$ 1,00 por 60 minutos. Máximo de 3 ou 4 horas.

 

As novidades do novo estacionamento VR Parking são inovadoras porque a alocação é feita de forma rápida, somente paga o tempo que realmente ficar na vaga pelo aplicativo. O saldo não utilizado retorna como crédito na conta do aplicativo e a recarga é feita por débito ou crédito. O sistema contará com sensores magnéticos no solo, sinalizadores de vagas e Painéis Monitoradores de Vagas nos principais cruzamentos. Será um monitor para fiscalizar a cada 50 vagas.

 

Ao sair de casa ou ao chegar ao local, é possível ao usuário do aplicativo consultar as vagas disponíveis. O conceito de vagas específicas será simplificado para vagas rápidas conforme o CTB (Código de Trânsito Brasileiro).

 

Pontos de Vendas, parceria e contratação de flanelinhas

 

Na parceria feita com o comércio local, já tem contrato com 26 PDV´s (Pontos de Vendas). O pagamento será sempre após realizar as vendas e o fechamento semanal, com uma comissão de 5%. A empresa está em busca de novas parcerias na Rua 33 e próximo ao Mc Donalds e com o comércio na Amaral Peixoto e proximidades para novos pontos de vendas. Em fevereiro, a parceria será feita no bairro Aterrado.

 

A expectativa da concessionária é que 30% das vagas estejam disponíveis durante o dia, sendo que a cada 10 vagas, três fiquem disponíveis com a rotatividade. Na questão social, será aberta a contratação sem restrição, apenas seguindo o critério da empresa (escolaridade, idoneidade, comunicação, leitura e escrita) para os atuais flanelinhas. Ainda se estuda outras formas de apoio para a reintegração ao trabalho formal dessa mão de obra. O desrespeito ao estacionamento vai gerar uma multa de R$ 195,23 com a perda de cinco pontos na Carteira.

 

O estacionamento rotativo funcionará de segunda as sextas-feiras, de 8h às 18 horas, e aos sábados de 8h às 14 horas. O escritório da empresa fica na Avenida Lucas Evangelista de Oliveira Franco, número 41, bairro Aterrado, telefone (24) 3025 1300.

 

Por Afonso Gonçalves, fotos de Evandro Freitas, Secom VR