Município está buscando levar conectividade e inclusão digital para toda a população; Prefeito irá se reunir com outras empresas de telefonia que atuam na cidade

 

Na manhã desta quarta-feira, dia 27, o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, junto com o diretor-presidente da Empresa de Processamento de Dados, Matheus Moreira Cruz, estiveram reunidos com o diretor de Articulação Institucional da Vivo, Eduardo Leal, e com Tarcisio Alves, do setor de Engenharia de Rede de Acesso para discutir os projetos de expansão da rede e aumento da cobertura da rede móvel e fixa, no município.

 

O objetivo da prefeitura é ampliar a parceria com as empresas de telefonia para expandir a rede móvel e fixa para bairros que ainda sofrem com essa falta. A chegada do sinal do celular vai proporcionar inclusão, melhoria na qualidade de vida e até geração de renda para essa população. Essa foi a primeira reunião com a Vivo e o intuito da prefeitura é marcar um encontro com todas as outras empresas que atuam na cidade.

 

Junto com a equipe técnica da EPD, Matheus e os representantes da Vivo visitaram os bairros São Sebastião, Candelária, Siderópolis, São Luis, São Luis da Barra e toda e região do Roma que a prefeitura solicita expansão da linha de telefonia móvel da empresa.

 

“Nossa gestão está buscando cada vez mais levar conectividade e inclusão digital para a população. Essa é uma iniciativa de levar internet e cobertura de celular para bairros de Volta Redonda que hoje estão isolados, principalmente devido a fatores do relevo, que impedem que o sinal de comunicação chegue até eles. Esperamos dialogar e buscar parceria com todas as operadoras de telecomunicações que atendem a nossa região. A Prefeitura está fornecendo atrativos, como, por exemplo, infraestrutura elétrica e fibra ótica, para que elas ampliem suas áreas de cobertura. É o governo Samuca Silva buscando a inclusão digital, por meio da conectividade, para toda a população de Volta Redonda”, comentou Matheus.

 

O prefeito Samuca Silva, falou sobre a conectividade em diversos pontos da cidade, que fará de Volta Redonda um pólo de tecnologia, preparando a população para os mais diversos investimentos que o município vem recebendo.

 

“Estamos num momento ótimo para o município, recebendo investimentos do setor imobiliário, do setor industrial, com a chegada do Pólo Metal Mecânico, inaugurações de diversos pontos importantes para a região, como Rodovia do Contorno, Hospital Regional, Clínica Diálise, Arena Esportiva e outros investimentos estão a caminho. Essa expansão, que promove a inclusão digital vai garantir acesso em locais, como as áreas mais afastadas, que hoje têm pouca conectividade. Isso vai beneficiar ainda postos de saúde, hospitais, escolas e órgãos públicos”, destacou Samuca.

 

A Vivo informou que investiu cerca de R$ 180 milhões em todo Estado do Rio de Janeiro e boa parte destes recursos foram destinados para Volta Redonda. O município foi, por exemplo, o primeiro a receber fibra óptica nesse modelo de expansão. Desde 2017 os investimentos se concentraram em bairros como Vila Brasília, Belo Horizonte, Retiro, Vila Mury, Vila Santa Cecília, Jardim Amália, Jardim Normandia, Água Limpa, entre outros.

 

Por Renan Ferreira com fotos de Gabriel Borges - Secom/VR