Secretaria de Meio Ambiente prioriza manutenção das mudas no mês de janeiro

 

Para alcançar o objetivo de terminar o ano de 2020 com 30 mil novas árvores plantadas em quatro anos, a Prefeitura de Volta Redonda vai intensificar o Projeto de Arborização Urbana neste ano. Em janeiro, a equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA) vai priorizar a manutenção das mudas. Nesta semana, o serviço foi realizado às margens da Rodovia dos Metalúrgicos, onde foram plantadas 800 árvores no trecho que vai do novo shopping ao bairro Vila Rica/Tiradentes.

 

O prefeito Samuca Silva afirma que Volta Redonda vai se transformar numa cidade verde e acrescenta que o Projeto de Arborização Urbana do município, iniciado em 2017, vai se estender por ruas, estradas, rodovias, praças, margens de córregos e áreas internas de escolas municipais. “Queremos deixar como legado uma cidade que preserva e cuida do meio ambiente, ampliando as faixas de plantio de mudas de espécies nativas da Mata Atlântica”, disse Samuca, lembrando que a manutenção das mudas é fundamental para alcançar o objetivo.

 

Nesta semana, uma equipe de oito funcionários da SMMA esteve nas margens da Rodovia dos Metalúrgicos cuidando das mudas plantadas no final do ano passado. Foram realizados serviços de coroamento – capina de plantas invasoras no entorno da muda; adubação; e poda condutora para manutenção da copa; além de plantio da espécie Amendoim Forrageiro no entorno da raiz para criar cobertura verde e promover adubação natural do solo.

 

            

 

O diretor de Controle Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente, Caio Vinicius Couto, explicou que o plantio em Volta Redonda respeita o padrão ambiental e leva em consideração diversos fatores. A escolha das espécies é feita após análise da rede elétrica, se é de alta ou baixa tensão; se a área é rural ou urbana; e a largura da calçada. “Na rodovia, por exemplo, plantamos espécies distintas nas duas margens, respeitando a rede de eletricidade”, explicou.

 

No ano passado, o projeto plantou mais de cinco mil árvores em Volta Redonda. E, em 2020, a arborização urbana em Volta Redonda será intensificada, inclusive com a ampliação do número de equipes dedicadas à função. Entre as espécies estão Pau Brasil, Ipê amarelo, Castanheira, Ipê branco, Quaresmeira, Munguba, Aroeira pimenta, Babosa branca, Oitis, Aroeira salsa, Cerejeira do Rio Grande, Ipê amarelo, Dedaleira, Pau formiga, Pau viola, Paineira, Ipê bola, Angico, Jacarandá e Sibipiruna.

 

O Projeto de Arborização Urbana já beneficiou diversos bairros de Volta Redonda. Entre os locais que receberam o plantio estão Rodovia do Contorno, Rodovia dos Metalúrgicos, Radial Leste, bairros Candelária, Vila Rica, Volta Grande, Aterrado, Conforto, Ponte Alta, Santa Cruz e Caieras, além da Praça Brasil, na Vila Santa Cecília. Também houve ações conjuntas com a Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil e com o Furban (Fundo Comunitário de Volta Redonda) em áreas de risco.

 

Por Renata Borges com fotos de arquivo – Secom-VR