Espaço já existente será realocado de acordo com as normas ambientais

 

A Ilha São João será transformada em um Jardim Botânico e o início das obras está previsto para o dia 2 de dezembro. Nesta quarta-feira, dia 27, foi apresentado ao grupo do Clube do Cavalo a alteração no projeto que garante o espaço para prática do Hipismo no local.

 

No projeto, a área dos cavalos é realocada, mantendo as dimensões oficias da pista, garantindo a possibilidade de futuras competições. “Vai ser um grande legado para Volta Redonda. Com o Jardim Botânico, teremos um local seguro, livre e de lazer para a população”, lembrou o prefeito.

 

O secretário municipal de Meio Ambiente, Maurício Ruiz, detalhou o projeto para o grupo. “Será feito o plantio de diversas espécies e terá áreas em que as famílias poderão ter um dia de lazer, usufruir de churrasqueiras, mesas e redes, e espaço para as crianças brincar”, contou Maurício.

 

De acordo com o presidente do Clube do Cavalo, Iago Frois, o projeto do Jardim Botânico vai ao encontro com o objetivo do clube, que é proporcionar momentos de lazer. “Nossa intenção é fomentar a equitação na Ilha depois da reforma. Fazer uma parceria com a prefeitura nesse sentido”, comentou.

 

A verba destinada para a construção do Jardim Botânico é referente ao valor de uma multa ambiental que o município recebeu.  O valor ultrapassa R$ 6 milhões e será utilizado para programas de conservação da natureza do município, resultando na ampliação da área verde por habitante.

 

Secom VR