Operação foi desencadeada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente após denúncia no aplicativo FiscalizaVR

 

A Guarda Ambiental de Volta Redonda, ligada à Secretaria Municipal de Meio Ambiente, apreendeu na tarde desta terça-feira, dia 27, 31 pássaros sem anilha, 40 gaiolas e equipamentos de caça em uma casa no bairro Mariana Torres. A operação foi deflagrada após denúncia pelo aplicativo FiscalizaVR.

 

De acordo com o subsecretário de Meio Ambiente, Joaquim Valim, que acompanhou o trabalho de apreensão, a equipe da Guarda Ambiental teve apoio da Polícia Militar durante a abordagem. “O proprietário dos animais e dos equipamentos apreendidos foi levado para a delegacia em respeito à Lei nº 9605/1998, Lei de Crimes Ambientais”, explicou.

 

Os pássaros serão encaminhados para o CETAS (Centro de Triagem de Animais Silvestres), órgão do Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente), que fica em Seropédica, município da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. “Como são animais silvestres domesticados, vão passar por um tempo de adequação no centro de triagem e quando estiverem adaptados vão para área de soltura. Por serem muitos pássaros novos, a reintrodução na natureza é mais fácil”, acredita Joaquim.

 

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, agradece a colaboração da população para a melhoria dos serviços prestados pela prefeitura à população do município. “Por meio do aplicativo FiscalizaVR, qualquer cidadão pode participar. E o andamento das demandas é acompanhado pela plataforma. Desta vez, quem ganhou foi o meio ambiente, mas pelo aplicativo é possível fiscalizar e cobrar serviços de todos os setores da prefeitura”, explicou Samuca.      

 

Por Renata Borges com fotos de divulgação – Secom/VR