Praça Brasil ganha revitalização do verde com novas mudas, dentro das metas de plantio de 50 mil mudas até o final de 2020

 

A Prefeitura de Volta Redonda, através da secretaria municipal de Meio Ambiente, começou nesta segunda-feira, dia 08, o plantio de mais 25 mudas de Pau Brasil, Ipê Rosa e Branco, Castanheira e Angico Vermelho, na Praça Brasil, na Vila Santa Cecília. A intenção é fortalecer a área verde e melhorar sombra, a previsão de conclusão é até quarta-feira, dia 10.  O plantio faz parte do projeto de Arborização Urbana, que pretende se estender por ruas, estradas, rodovias, praças, margens de córregos, áreas internas de escolas municipais.

 

O prefeito Samuca Silva, afirmou que a intenção é transformar Volta Redonda numa cidade verde, com o avanço do plantio por mutirões com estudantes e associações de moradores nos bairros, numa parceria que envolva as secretarias municipais de Meio Ambiente e Infraestrutura na abertura dos berços (buracos abertos e preparados com terra preta e adubada para receber as mudas) e plantio de espécies nativas.

 

 “Além dos parques naturais que estamos investindo, queremos deixar como legado, uma cidade verde, que preserva e cuida do meio ambiente, ampliando as faixas de plantio de mudas de espécies nativas da Mata Atlântica. Mais verde, mais florestas, mais saúde para a população com mais 50 mil mudas plantadas em toda a cidade”, afirmou o prefeito. 

 

“A Secretaria Municipal de Meio Ambiente pretende com o projeto de Arborização Urbana, fazer o plantio total de 50 mil mudas de árvores, sendo 450 km de plantio em vias públicas, iniciando pelas escolas municipais que tem o ensino integral”, informou o engenheiro florestal, Mauro Bornes, coordenador de Manejo e Arborização da SMMA.

 

A equipe de plantio da secretaria de Meio Ambiente prepara um berço de 40 x 40 de profundidade com terra adubada para receber e desenvolver a raiz. Em seguida usam dois mourões de Eucalipito com uma amarra para que a muda não entorte e cresça direcionada de forma adequada.  São mudas com 1,80 a 2,00 metros de altura.  

 

Este trabalho será feito na Rua 33, Avenida dos Trabalhadores, Rodovia dos Metalúrgicos, Radial Leste, Praça da ETPC na Sessenta e vamos intensificar com a entrada dos 23 colaboradores da SMI que passaram por uma capacitação de manutenção, em parcerias da secretaria com outras instituições”, explicou Mauro Bornes.

 

Pessoas que estavam frequentando a praça Brasil, na Vila Santa Cecília, aprovaram o plantio. Mariana Alves, 18 anos, comentou. “Novas árvores fazem bem ao meio ambiente, ajudam a purificar o ar que respiramos e deixará, com certeza, a cidade mais bonita, a praça mais agradável. Gostei dessa iniciativa da prefeitura”.

 

Uma turista de Angra dos Reis, que há 3 anos passou a conhecer a cidade, Silmara Bastos, 56 anos, fez uma comparação positiva. “Volta Redonda é outro mundo, muito melhor. Aqui lembra um pouco a cidade de Curitiba, no Paraná, onde há muita arborização e é um atrativo para os turistas porque chama a nossa atenção. E com este projeto de vocês, da prefeitura, de plantar 50 mil árvores, esta cidade ficará muito melhor e vai atrair mais pessoas para a conhecer”.

 

Por Afonso Gonçalves, fotos de Geraldo Gonçalves, SecomVR