Ação implantada no mês de março para reduzir a circulação do novo coronavírus impediu a entrada de mais de 18 mil carros no município

 

As barreiras sanitárias implantadas pela Prefeitura de Volta Redonda nos principais acessos à cidade são operadas diariamente por equipes da Guarda Municipal, que controlam a entrada de veículos de outros municípios. O objetivo é reduzir a circulação do novo coronavírus na cidade e evitar superlotação na rede de saúde. Em pouco mais de quatro meses, foram abordados 750 mil veículos, sendo que 18,5 mil foram impedidos de entrar no município. Apenas os motoristas que comprovarem residência ou trabalho em Volta Redonda podem acessar a cidade normalmente.

 

O prefeito Samuca Silva reforçou que o cinturão de segurança é parte de um conjunto de medidas de prevenção à Covid-19 adotadas pela prefeitura. “Temos que proteger a população de Volta Redonda e garantir a capacidade de atendimento na rede municipal de Saúde”, falou, citando que o trabalho das equipes é diário: "Assim como a fiscalização das atividades econômicas pela força-tarefa, grupo multissetorial de prevenção ao vírus, e o serviço de sanitização executado pela Secretaria Municipal de Infraestrutura”, lembrou Samuca, informando que a medida mais eficaz contra a doença ainda é o isolamento social. “Só saia de casa se necessário. E, se sair, use a máscara e faça a higienização das mãos”.

 

O cinturão de segurança conta com oito barreiras controladas pela Guarda Municipal e ainda barreiras físicas (com manilhas) para impedir o tráfego de veículos. Há equipes nos bairros Santa Inês, Jardim Amália, São Luiz, Vila Elmira, Jardim Belmonte, Santa Rita Zarur, Santo Agostinho, além da Rodovia dos Metalúrgicos, nas proximidades da entrada do Vila Rica/Tiradentes.

 

Além destes acessos, os bloqueios com manilhas ficam na BR-393, para quem vem do Santo Agostinho e deseja acessar a Radial Leste, e também na via de retorno, para quem segue no sentido oposto (Jardim Amália - Santo Agostinho). No bairro Água Limpa está fechado o acesso ao Túnel 20 e à Rua Rio Araguaia, para quem vem de Pinheiral e da Rodovia do Contorno. Ainda está bloqueado o acesso à Avenida Francisco Crisóstomos Tôrres, no bairro São Luiz, pela rua lateral ao posto BR-393; e em dois pontos do Santo Agostinho, para quem vem pela BR-393, no sentido Barra do Piraí-Volta Redonda, no primeiro acesso à Rua Arlindo Soares (próximo à Rodovia do Contorno) e no último acesso à mesma via, pela estrada lateral.

 

Secom/VR com fotos de arquivo