Dayse Penna destaca as ações e programas preventivos para barrar a violência contra as mulheres

 

A secretária municipal de Políticas para Mulheres, Idosos e Direitos Humanos, Dayse Penna, participou na Câmara de Vereadores na noite desta terça-feira, da audiência pública com o tema ‘políticas públicas de proteção a mulher e campanha Em briga de marido e mulher, como meter a colher’. O evento atendeu solicitação dos vereadores Edson Quinto, presidente do Poder Legislativo, e Rosana Bergone, com a participação da presidente do grupo OAB Mulher, advogada Carolina Patitucci.   

 

Após os pronunciamentos dos integrantes da mesa, iniciando pelo presidente da Câmara, vereador Edson Quinto, a secretária municipal Dayse Marques Penna apresentou um vídeo institucional mostrando as ações e serviços oferecidos às mulheres pela prefeitura. Ela citou os programas Movimento Mulher, Cartas que fez um diagnóstico sobre o que desejam as mulheres de Volta Redonda, Patrulha Lei Maria da Penha, Casa  Abrigo para a proteção das mulheres em risco de sofrer violência. Nas cartas, três mil mulheres relacionaram como prioridades os sentimentos de valorização e respeito, empregabilidade, condições melhores de saúde e temor contra a violência individual.  

 

A Secretária abordou as campanhas e oficinas humanas desenvolvidas nesses três últimos anos, citando como exemplos as propostas “Eu me amo, eu me protejo” que promove gratuitamente, aulas com técnicas de artes marciais no Centro de Artes Marciais(CEAM), no ginásio Amaro Inácio no Retiro para elas se defenderem dos possíveis agressores, e  a campanha deste ano, “Em briga de marido e mulher, como meter a colher. Temos que se envolver sim, porque da nossa ação estaremos salvando vidas”, afirmou Dayse.  

Depois que os convidados da mesa falaram sobre a importância da audiência, relatando o aumento de feminicídio (assassinato de mulheres por ódio) no país, houve a participação do público com perguntas. A presidente da OAB Mulher, Carolina Partitucci, agradeceu a secretária Dayse pela parceria. “Nós precisamos ouvir mais a sociedade, saber de fato o que está acontecendo, porque as leis existem para combater esta violência. Eu quero agradecer a Dayse Penna, porque em todas as palestras que temos realizado, a secretária tem sido uma grande parceira da OAB Mulher neste trabalho de prevenção, de denunciar e combater a violência contra a mulher”, frisou.

 

Cerca de 160 pessoas participaram. Entre os presentes, as mulheres elogiaram a audiência pública pelo tema escolhido: “Vamos ter informações, conhecimentos,  de como lidar e nos preparar para enfrentar esta situação de violência”, disse a psicóloga Sara Cristina Izidorio Machado.

 

A advogada Roseane Marangon,  da comissão OAB Mulher, comentou. “Nós fazemos atendimento às mulheres contra a violência e temos que nos aperfeiçoar neste trabalho para a sociedade, buscar melhor aplicação das leis de defesa e proteção da mulher em situação de violência. Queremos aprimorar nas relações humanas, que é essencial para garantir a dignidade das pessoas”, frisou. 

          

O prefeito Samuca Silva repudia qualquer ato de violência contra a mulher. “Políticas Públicas através da conscientização da sociedade, vão evitar a violência contra a mulher, seja psicológica ou física. Combater a violência é dever de todos e para isto temos a Lei que pune. Na nossa gestão, investimos na capacitação das mulheres, na conquista da geração de rendas e na defesa dos seus direitos, abrindo oportunidades de trabalho, concursos públicos, para que a mulher tenha a sua profissão e conquiste o seu espaço no mercado de trabalho”, destacou Samuca.

 

Por Afonso Gonçalves, fotos de Gabriel Borges, SecomVR