Indústria e serviços têm os melhores desempenhos no resultado histórico, o primeiro com dados positivos desde 2014

 

Volta Redonda – Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) confirmaram as previsões de um resultado histórico na geração de empregos. Além de serem o primeiro resultado positivo para um ano desde 2014, os 2.295 postos de trabalho criados em 2018 fazem da cidade a líder absoluta de empregabilidade no Estado do Rio. A indústria, com saldo positivo de 684, foi o setor que mais abriu oportunidades de trabalho, seguido por serviços (599) e comércio (491).

 

Em julho do ano passado, o prefeito Samuca Silva havia afirmado que, depois de um primeiro semestre em que a cidade tinha criado 440 postos de trabalho, esperava que a segunda metade do ano fosse ainda melhor. Os dados se confirmaram e entre julho e dezembro, Volta Redonda ganhou mais 1.855 empregos com carteira assinada.

 

O prefeito também lembrou, em julho, que a cidade passou por mudanças que melhoraram o ambiente de negócios e permitiram que as empresas gerassem mais empregos. Isso se refletiu, inclusive, na maior geração de postos de trabalho na indústria.

 

“A economia do Brasil mudou nesses últimos anos, e as condições hoje, se não são ideais, são melhores do que em 2015 e 2016, mas também foi preciso mudar o ambiente de negócios em Volta Redonda. Investimos na desburocratização, criando na cidade uma ambiente de negócios, favorável ao empreendedor. Tornamos o processo de registro das empresas muito mais simples, abrimos canais constantes de diálogo com as entidades que representam os empresários, inclusive indo nas empresas conversar com os empresários. Passamos também a ter na CSN, maior empregadora e maior geradora de arrecadação de Volta Redonda, um interlocutor com quem se conversa com respeito e boa vontade, em vez de um adversário com quem só se interage através do Judiciário” disse Samuca.