Verba Federal de quase R$5 milhões viabilizará os projetos em 2019

 

A verba de cerca de R$ 4,8 milhões, liberada pelo Ministério do Turismo em 2018, já foi empenhada no Orçamento Geral da União (OGU) e será investida pelo município, em vários  projetos que já estão em fase adiantada de estudos.

 

São três grandes projetos previstos para a aplicação dos recursos:

 

Centro de Eventos do Parque Pedreira

A criação do Centro de Eventos Parque da Pedreira, colocará o município de Volta Redonda no circuito de grandes eventos em nível nacional. O centro trará retorno financeiro e movimentará os ramos Hoteleiro e Gastronômico, principalmente nos finais de semana, onde há uma baixa demanda. O Centro de Eventos ficará numa pedreira desativada às margens da Rodovia Estadual – RJ 153, entre o Córrego dos Peixes, na estrada que liga o bairro Voldac ao Santa Cruz.

 

“Será uma maravilha para quem mora aqui na região. Não só os bairros aqui perto, mas toda a cidade será valorizada com um projeto como esse para atrair bons eventos”, comentou a representante de vendas Angela Lisboa, moradora no Voldac.

 

MIT - Museu de Inovação Tecnológica

A implantação do Museu de Inovação e Tecnologia tem como principal objetivo, promover a troca de conhecimentos e o aprendizado entre pesquisadores e pessoas apaixonadas pelo tema, contribuindo para o enriquecimento cultural e científico da população. A proposta é construir o maior Museu de Inovação e Tecnologia da América Latina no município de Volta Redonda.

 

Pórticos Turísticos

O terceiro projeto é a construção de pórticos nas vias de acesso ao município. O objetivo da construção é deixar as entradas de Volta Redonda, mais atrativas, melhorando cada vez mais a condição do município e elevando  a autoestima da população. Eles se tornarão pontos turísticos para admiração e fotos.  Os pórticos ficarão nas quatro principais entradas de Volta Redonda (BR 393), entre os bairros Dom Bosco e São Luiz; Rodovia dos Metalúrgicos, antes da entrada do bairro Vila Rica; Rodovia Sérgio Braga, próximo a entrada do bairro Vila Elmira; BR 393, entre os bairros 207 e Santa Inês.

 

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Joselito Magalhães, esses projetos serão grandes atrativos para a cidade. “Essa é uma orientação do nosso prefeito Samuca Silva, para que consigamos cumprir as metas do plano de governo na  geração de empregos e renda e o turismo é um bom caminho.”

 

A verba Federal foi conquistada após viagem do prefeito Samuca Silva à Brasília, onde ele apresentou os projetos para investimento nessa área. As propostas foram cadastradas no SICONV (Sistema de Convênios do Governo Federal) e foram aprovados. O empenho dos valores garante que o dinheiro será destinado para Volta Redonda e trará grandes benefícios para toda a sociedade.

 

“Estamos na fase de assinatura dos convênios com a Caixa Econômica Federal e apresentação da documentação técnica dos projetos para que a instituição aprove as licitações para a execução das obras. Com a liberação dos recursos, que são exclusivos para a área do Turismo, a nossa previsão é que essas obras comecem já no segundo semestre deste ano. Estamos bem otimistas em fazer de Volta Redonda, uma cidade também turística, atraindo novos olhares e assim produzindo mais lazer, cultura e renda para a população.”, Finalizou  o prefeito.

 

SecomVR