Evento colaborou para construção do Plano Municipal do setor

 

O auditório do Centro Universitário Geraldo Di Biasi (UGB) recebeu nesta quinta-feira, dia 3, o I Fórum Municipal de Turismo. Realizado pela prefeitura de Volta Redonda, o evento reuniu representantes do poder público e do turismo da cidade e da região e promoveu a discussão de políticas públicas para o setor, além de coletar propostas para que seja implementado o Plano Municipal de Turismo.

 

“Volta Redonda quer liderar os projetos que envolvem toda a região na questão do turismo. Temos fazendas históricas, ótima gastronomia e rede hoteleira, cultura, atrativos naturais e muita qualidade de vida. Queremos, por meio desse fórum e do trabalho que está sendo feito, começar um legado para a cidade e que o interior do estado seja um dos maiores roteiros turísticos do Brasil”, afirmou o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva.

 

Organizado em parceria entre a secretaria municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Smdet) e o Conselho Municipal de Turismo (Comutur), o Fórum Municipal de Turismo é uma iniciativa pioneira na cidade. Para o assessor da secretaria de Estado de Turismo do Rio de Janeiro (Setur-RJ), Wilson Piccoli, que representou o secretário Otávio Leite, a iniciativa de realizar o fórum complementa os esforços da Setur-RJ para interiorizar o desenvolvimento econômico do turismo no estado.

 

“Todos os programas desenvolvidos e implementados pela secretaria têm um direcionamento forte para o interior. O secretário vê no interior um polo de desenvolvimento que ajuda a gerar emprego e renda. Essa iniciativa também vai fortalecer e dar exemplo a outras cidades para que sigam no mesmo caminho”, disse Wilson.

 

Além do prefeito Samuca Silva e do assessor da Setur-RJ, também participaram da mesa de abertura o vice-prefeito e presidente da Companhia de Habitação de Volta Redonda (Cohab-VR), Maycon Abrantes, a subsecretária municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Thais Souza, o presidente do Conselho Municipal de Turismo, Djalma Mello, e o supervisor de Produto Nacional da CVC Corp, Leonardo Fonseca.

 

O público conferiu palestras sobre políticas públicas de turismo, tendências da área, apresentação de casos de sucesso, produtos e experiências turísticas na região, além da formação de grupos de trabalho para debater assuntos como “Patrimônio, Memória e Cultura”, “Vocações Turísticas do Município” e “Desafios do Turismo em Volta Redonda”.      

 

“Estou me formando em Administração Pública e é importante conhecer mais sobre o turismo. Esse é um evento que movimenta o setor e faz parte da administração pública”, afirmou Jorge Manuel Galocha, que participou do fórum, assim como empresários e funcionários dos ramos de hotelaria, agências de viagem, guias de turismo, promotores de eventos, buffets, bares e restaurantes, motoristas de aplicativos e taxistas, transportadoras de passageiros, artesãos e de outros segmentos.

 

Turismo em Volta - Volta Redonda é uma cidade que possui uma rede de serviços muito sólida, referência no entorno. Em termos de hotelaria, por exemplo, são cerca de 1,4 mil leitos. O município tem grande relevância no cenário cultural, uma variada rede de bares e restaurantes, eventos e ainda diversos equipamentos públicos também de eventos. Além disso, bens históricos tombados, áreas naturais como o Parque do Ingá e Zoológico Municipal, sem falar em um Kartódromo internacional.

 

O Programa "Turismo em Volta", da secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, oferece uma ferramenta para potencializar o turismo na região, possibilitando ao turista acesso ao que Volta Redonda e as cidades do entorno têm de melhor, integrando os serviços do turismo, criando novas oportunidades e facilitando o relacionamento entre os atores do setor.

 

Por Raphael Martiniano, com fotos de Geraldo Gonçalves. / Secom VR