Trabalhos foram intensificados durante o ano e diversas melhorias realizadas em prol da população

 

A Secretaria Municipal de Infraestrutura de Volta Redonda (SMI) realizou durante 2018, inúmeras obras, revitalizações, melhorias e serviços na cidade. Dentre eles, a troca de lâmpadas; reformas de praças, escolas e quadras; melhorias no Memorial Zumbi; dragagem dos córregos Bugiu e do Peixe; e vários outros serviços.

 

O secretário municipal de Infraestrutura, Toninho Oreste, contou que a SMI faz um trabalhado constante para realizar a manutenção da cidade. “Nós trabalhamos incansavelmente em 2018 para manter a cidade em ordem e atender a todas as demanda da população. Sabemos que em 2019 teremos muito trabalho, e estaremos preparados para atender a cidade”, afirmou Toninho.

 

Foram realizadas pela SMI, ao longo do ano, a reforma de três escolas municipais, 28 praças e quatro quadras, além da construção de 27 rampas para cadeirantes, seis muros de contenção nos bairros Candelária, Casa de Pedra, Belmonte e Siderópolis.

“Fizemos também a reforma da Capela Mortuária, incluindo acessibilidade total e sistema de internet para os usuários”, contou Toninho, lembrando que a SMI também é responsável por todo serviço funerário do município.

 

Obras importantes para o município marcaram o ano, como a reconstrução da ponte da Vila Elmira, em parceria com a Prefeitura de Barra Mansa; o término da construção da ponte sobre o córrego Cafuá; além da regularização do trecho próximo ao Shopping Park Sul.

 

Outra ação da secretaria neste ano foi a implantação de equipes noturnas para limpeza dos viadutos e pontes da cidade. Todas as ações da SMI foram voltadas para manter a cidade limpa.

 

O setor de pré-moldados é mais uma unidade de grande importância para SMI, fabricando no decorrer de este ano manilhas, meio fios, bancos, mesas, tampas de sepultura, ralos, e outros artefatos de concreto. “Tem nossa carpintaria, que se empenha em resolver as questões de bancos, mobílias de praças, reforma de vários telhados. A nossa serralheria, que conserta ferragens danificadas e apodrecidas pelo tempo, trabalhando intensamente na manutenção da cidade”, explicou o secretário.

 

Para o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, o trabalho da SMI não acaba, mantendo a cidade sempre em ordem. “A manutenção é constante na cidade e o trabalho não para, até nos fins de semana. Isso para deixar a cidade limpa, da maneira que a população merece”, afirmou o prefeito.

 

Os serviços de rotina também foram intensificados neste ano. Mais de 7 mil lâmpadas foram trocadas na cidade, cerca de cinco mil árvores podadas. Também foram recolhidas 10 mil toneladas de despejos de caçamba, entulhos e resíduo de capina, e cerca de seis mil toneladas de lixo domiciliar.

 

Por Ana Maria Mansur, com fotos de divulgação / SecomVR