Equipes realizaram operações de asfaltamento por toda cidade nesta quarta, dia 11

 

A Prefeitura de Volta Redonda segue avançando no programa Asfalto de Volta. Com obras de recapeamento, recomposição de solo e drenagem, o objetivo é acelerar os serviços aproveitando o bom tempo. Nesta quarta-feira, dia 11, a equipe  iniciou as obras de drenagem na Avenida Arlindo Francisco Soares, de acesso da BR 393 ao bairro Santo Agostinho.

 

Essa será a primeira parte da obra, que contará com duas intervenções de drenagem – com colocação de novas tubulações – para evitar acumulo de  água na via e degradação rápida do asfaltamento. Após a obra, será aplicada a nova camada de asfalto.

 

O presidente da Associação de Moradores do Santo Agostinho, Divino dos Santos, elogiou o início dos trabalhos. “Estamos confiantes com a obra. Pela primeira vez será estruturante, está sendo feito a drenagem que nunca foi feita. Anteriormente, faziam o asfalto e depois os buracos voltavam. Agora estão resolvendo o problema de acúmulo de água antes de fazer o pavimento”, disse o presidente da associação.

 

Mais investimentos

 

Em outra frente de trabalho, a prefeitura de Volta Redonda segue realizando obras de drenagem na Avenida Paulo Erlei Abrantes, no bairro Três Poços. No local, serão investidos mais de R$ 3,5 milhões em asfalto. Nesta quarta, ainda aconteceram asfaltamentos nos bairros Vila Santa Cecília, Retiro e na Rodovia dos Metalúrgicos.

 

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, destacou que a cidade está investindo no maior programa de pavimentação com recursos próprios. “O tempo está colaborando e estamos acelerando as ações do programa Asfalto de Volta. Não estamos realizando um simples tapa-buraco, mas fazendo recapeamento e reconstrução de solo, intervenções que serão mais duradouras e eficientes”, disse Samuca.

 

Prefeitura inicia instalação de concreto armado em parada de ônibus

 

Ainda nesta quarta-feira, dia 11, a Prefeitura de Volta Redonda iniciou a reforma do piso do ponto de ônibus em frente a Escola Manoel Marinho, sentido Vila Santa Cecília. No local, será aplicado concreto armado, que é cinco vezes mais resistente. Com isso, os ônibus podem frear com mais segurança.

 

A troca do pavimento ocorreu em outras sete paradas de ônibus, no Centro, Aterrado e Vila Santa Cecília. São elas o ponto da Light e próximo ao Posto JK, na Amaral Peixoto; Avenida Paulo de Frontin; pontos da Rodoviária (Avenida dos Trabalhadores e Nelson Gonçalves); ponto do Colégio Manoel Marinho; e ponto do Sider Shopping.

 

Por SecomVR – Com fotos de Gabriel Borges