Equipes da prefeitura estão realizando a limpeza da cidade e o atendimento à população afetada

 

Mais um temporal atingiu Volta Redonda e região durante o final de semana. As chuvas chegaram a 105 mm no acumulado, segundo dados da Defesa Civil do município. Toda a estrutura da prefeitura está atuando desde a noite de sábado, dia 18. Nesta segunda-feira, dia 20, mais de 400 funcionários da secretaria municipal de Infraestrutura estão atuando na limpeza da cidade.

 

De acordo com a SMI os principais pontos de atuação são a Avenida Antônio de Almeida, no Retiro; na 208; na Rua 4, no Conforto; na Avenida Belmonte, Belmonte; na Rua de acesso à Fundação Beatriz Gama; e no bairro Açude. Nesses pontos as equipes estão raspando barro e lavando as ruas com Caminhão Pipa.

 

O secretário de Infraestrutura de Volta Redonda, Toninho Oreste, informou que a previsão é que em até 10 dias tudo seja normalizado. “Nós direcionamos as equipes para os locais mais críticos, além de manter os serviços de rotina da cidade, como capinas e roçadas”, explicou Toninho.

 

A Defesa Civil de Volta Redonda informou que atendeu a 12 ocorrências até agora, foram feitas três interdições e três famílias ficaram desalojadas (cerca de 10 pessoas). Não houve nenhuma vítima. “Nós já atendemos todas as ocorrências desse final de semana, todas as intervenções da Defesa Civil foram feitas. As casas que foram interditadas nós encaminhamos para SMAC, para ser feito o levantamento social das famílias”, informou Leandro Rezende, coordenador da Defesa Civil do município.

 

Samuca Silva frisou que as ações de prevenção que estão sendo feitas na cidade foram fundamentais para evitar graves ocorrências. “Nós estamos empenhados em trazer a cidade para normalidade. As equipes estão na rua desde o final de semana e continuaremos até que tudo esteja normalizado”, afirmou o prefeito.

 

Samuca ainda destacou ainda que a cidade inscreveu, através de projetos na Defesa Civil Nacional, R$ 20 milhões para obras de contenção de encostas e escoamento de água de chuva. O Governo Federal ainda não liberou os recursos.

 

A Defesa Civil permanece de plantão por 24 horas e pode ser acionada pela população pelo telefone 199 em caso de qualquer emergência. 

 

Por Ana Maria Mansur, com fotos de Evandro Freitas - SecomVR