Espaço acabou com demanda reprimida de pacientes e investiu em reestruturação interna e capacitação

 

A Ótica da Cidadania Padre Ernesto Moreira Lamim, localizada no Estádio Municipal Raulino de Oliveira, produziu 4 mil óculos em 2018 e atendeu 3,3 mil pacientes no mesmo período. Oferecendo gratuitamente óculos de grau à população de Volta Redonda, a ótica passou por melhorias durante o ano passado que refletiram no atendimento.

 

De acordo com a coordenadora da Ótica da Cidadania, Rejane Ribeiro, havia uma demanda reprimida até o fim de 2017 e com a implementação de algumas medidas, essa demanda acabou. “Antes, a ótica chegava a registrar até 500 atendimentos em um único dia. Fizemos uma reestruturação interna, adotamos novos procedimentos, promovemos três treinamentos com os profissionais de todas as unidades básicas de saúde. Atualmente, são atendidas cerca de 80 pessoas por dia”, explicou Rejane.

 

O motorista de caminhão Laudecir Martins da Silva, de 49 anos, mora na Vila Mury e esteve pela primeira vez na ótica nesta terça-feira, dia 8. “Nunca usei óculos e agora o médico pediu. Vim aqui falar sobre a receita e terei que passar primeiro pelo posto do bairro. O atendimento está ótimo”, comentou o motorista.

 

A procura por informação feita por Laudecir está dentre os outros tipos de atendimento da ótica, além dos agendamentos para pedido de óculos. Em 2018, foram realizados, por exemplo, 1.172 consertos de óculos. Entre os mais comuns estão haste e armação quebradas.

 

O secretário municipal de Saúde, Alfredo Peixoto, explicou que a reorganização dos procedimentos e a humanização no tratamento com os pacientes colaboraram para a melhora no atendimento da ótica. “Para atendermos bem, com qualidade, tem que ter um tempo maior. Quando a demanda estava reprimida, o atendimento era rápido e, consequentemente, prejudicado. Evoluímos muito e estamos concentrando esforços para melhorar cada vez mais”, comentou Alfredo Peixoto.

 

O prefeito Samuca Silva destacou o trabalho que vem sendo realizado na área da saúde em Volta Redonda e afirmou que em 2019 serão realizados diversos investimentos. “Lançamos o Hospital do Idoso, chamamos profissionais concursados para reforçar o atendimento e, em breve, colocaremos em funcionamento o Hospital Santa Margarida, que vai ampliar o número de leitos no município. Pode ter certeza, 2019 será o ano da saúde em Volta Redonda”, disse Samuca.

 

A Ótica da Cidadania conta uma equipe formada por profissionais de atendimento, administrativo e para fabricação dos óculos. O espaço oferta óculos gratuitos a aposentados, pensionistas, pessoas com deficiência, idosos acima de 60 anos, além de beneficiários de auxílio-doença. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h30.

 

Por Raphael Martiniano / SecomVR