Ação vai acontecer nesta sexta-feira, dia 24, e grupos serão atendidos com horário marcado

 

O Banco de Sangue de Volta Redonda, no Hospital São João Batista, vai realizar um arraiá solidário nesta sexta-feira, dia 24, para fomentar a doação e aumentar o estoque do município. Todos que comparecerem para doar serão recepcionados com comidas típicas de festa julina. A ação foi pensada para prestigiar os doadores fixos e chamar atenção daqueles que ainda não doaram.

 

A coordenadora da unidade, Rosimere Herdy Guedes Cardoso, contou que, com a pandemia, o estoque de sangue caiu mais de 50% e que é necessário aumentar esse volume para atender o município. “Os pacientes precisam dessas doações. Todos os grupos sanguíneos são necessários, mas estamos precisando muito dos grupos O- e O+”, disse Rosimere.

 

As doações acontecerão das 7h às 13h e, em caso de atendimento para grupos, deve-se agendar no telefone (24) 3343-2994, das 7h às 16h, até o dia anterior da ação. “Para quem desejar fazer a doação com algum grupo específico de pessoas, pedimos para agendar para evitar aglomerações. Destacamos também que todas as medidas de prevenção estão sendo tomadas para garantir a segurança de doadores e funcionários”, explicou a coordenadora.

 

O sangue coletado no Banco do Sangue de Volta Redonda atende o Hospital São João Batista, o Hospital Municipal Munir Rafful, o Hospital do Idoso e o Cais Aterrado, da Rede Municipal de Saúde, e os pacientes do Programa Unacom, no Hinja, em Volta Redonda; além do Hospital Municipal de Pinheiral e da Agência Transfusional, que fica no Hospital Municipal Flávio Leal, em Piraí.

 

DICAS PARA DOAR SANGUE – Sentir-se bem, com saúde; apresentar documento com foto – em caso de menor de idade é necessária autorização do responsável, que pode ser adquirida no próprio Hemonúcleo e apresentar documento original da pessoa que assinou o documento; ter entre 16 e 69 anos e peso acima de 50 quilos.

 

 No dia da doação é importante não estar em jejum; fazer repouso mínimo de seis horas na noite anterior à doação; não ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação; evitar fumar por pelo menos duas horas antes e depois da doação; e evitar ingestão de alimentos gordurosos.

 

SecomVR, com fotos de Felipe Carvalho