Iniciativa foi do grupo jovem da Igreja Metodista, no bairro Voldac; entrega foi feita por equipe da Secretaria de Saúde na tarde desta quarta-feira, dia 06

 

Os profissionais da área de saúde de Volta Redonda, que estão na linha de frente do combate ao novo coronavírus, receberam um carinho da população do município. A iniciativa partiu do grupo de jovens da Igreja Metodista, no bairro Voldac, que criou a campanha “Cartas aos Profissionais de Saúde”.

 

O movimento rendeu 130 manifestações que foram entregues pela equipe da Divisão de Área Técnica e Educação em Saúde (DATES), da Secretaria Municipal de Saúde, à coordenação dos hospitais Municipal Munir Rafful (do Retiro) e São João Batista. Também foram enviadas cópias digitais para outras unidades de saúde, atingindo mais de mil profissionais, desde o último dia 28 de abril.

 

Em mais uma ação, na tarde desta quarta-feira, dia 06, os profissionais de saúde do Hospital de Campanha de Volta Redonda, no Estádio Raulino de Oliveira, receberam cópias das cartas. Desta vez, a equipe da Secretaria de Saúde teve a companhia do pastor Thiago Bernardo e da presidente do grupo de jovens da Igreja Metodista da Voldac, Ester Agnes.

 

Para receber os exemplares, foi designada a enfermeira Vanessa Huguenin, que faz parte da coordenação do hospital. Com 21 anos de formação, ela atua na UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) na Vila Mury, e está colaborando no Hospital de Campanha neste período.

 

“Achei ótima a iniciativa, pois é um momento de muito desgaste profissional, dos pacientes e familiares. Quando temos a recuperação dos pacientes e o entendimento da família, é muito gratificante. Sensação de dever cumprido. Mas o nosso dia a dia fica muito melhor quando sentimos que temos o apoio e a torcida de todos pelo nosso sucesso neste momento difícil de combate à Covid-19”, afirmou Vanessa, que ficou incumbida de passar as cartas aos colegas.

 

A psicóloga da Divisão de Área Técnica e Educação em Saúde da Secretaria de Saúde, Lívia Azevedo, que está à frente da entrega das cartas, acredita que essa movimentação de amor é importante e toda forma de motivação é necessária neste momento em que os profissionais de saúde se sentem tão fragilizados. “Eles precisam saber que muita gente reconhece o trabalho deles e é grata por tudo o que eles fazem. Em meio a tanto sofrimento, essa é uma razão para acreditar em dias melhores", falou.

 

O pastor da igreja responsável pela campanha, Thiago Bernardo, se mostrou agradecido a Deus pela juventude da igreja Metodista da Voldac. “Edifica meu coração ver a mocidade pensando em como ser relevante neste dias difíceis. Essa iniciativa nasce num profundo desejo de ser instrumento de benção para a sociedade. O simples ato de escrever cartas, tem por objetivo mostrar aos profissionais de saúde que há muitas pessoas que valorizam e se importam com a atividades deles, que deixam sua família todos os dias para cuidar de outros”, disse, lembrando que a ação contagiou pessoas de todas as idades, de idosos às crianças.

 

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, aplaudiu a ideia e afirmou que qualquer iniciativa de valorização e reconhecimento do trabalho das equipes de saúde que estão na linha de frente do combate ao novo coronavírus deve ser parabenizada. “Vemos que, mesmo com todo planejamento com vistas à prevenção do contágio pela Covid-19, novos casos surgem diariamente e é pela dedicação desses profissionais que muitos pacientes voltam curados para suas casas para o convívio dos seus familiares e também passam os dias mais confortados durante a estadia nos hospitais”, falou Samuca, agradecendo também a parceria e empenho dos profissionais de saúde do município.

 
Por Secom/VR com fotos de Evandro Freitas