Segunda etapa da Campanha de Vacinação Antirrábica acontece em Volta Redonda

Ao todo 18 postos ficaram abertos para a população vacinar cães e gatos

A cidade de Volta Redonda realizou neste sábado, dia 29, a segunda etapa da Campanha de Vacinação Antirrábica Animal. A vacinação aconteceu em 18 postos da cidade entre 8h até 17h. Mais de oito mil animais foram imunizados nesta etapa. E cerca de 100 pessoas entre agentes comunitários e de endemias e voluntários, participaram da ação. A raiva é uma doença que não tem cura, por isso a importância das campanhas de prevenção.

Para a moradora de Volta Redonda, Larissa Yost, que levou seu cachorro Bob de oito meses para vacinar pela primeira vez, essas ações de controle são muito importantes.

“A população precisa criar uma conscientização e sempre quando tiver essas campanhas levar seu animal para vacinar. Essa é a primeira vez que meu cachorro está tomando essa vacina. Ele ficou um pouco com medo, mas depois acalmou”, disse.

Em toda cidade, ficaram abertas 15 Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF), um Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) e duas escolas municipais. Entre as Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs) vão funcionar as do Retiro III, na Avenida Antônio de Almeida; Vila Mury; Açude I; Açude II; 249; São Lucas; Eucaliptal; Conforto; Belmonte; Jardim Belmonte; Siderândia; Ponte Alta; Mariana Torres; e Vila Brasília.

Os moradores do Retiro também puderam contar com mais um ponto de vacinação de animais na Escola Municipal Amaral Peixoto. Já o bairro Niterói a Escola Municipal Santos Dumont foi também um posto de vacinação. O bairro Belo Horizonte, as doses foram aplicadas no CRAS (Centro de Referência à Assistência Social) do bairro.

O secretário de Saúde de Volta Redonda, Alfredo Peixoto, ressalta que a vacina antirrábica é única forma de prevenção segura da doença. “É bom alertar que a doença é incurável nos animais e quando transmitida para seres humanos, também pode ser extremamente agressiva e até fatal”, ressaltou Alfredo.

Maria Clara Sales com foto Gabriel Borges