Até a próxima quinta-feira, dia 18, a imunização é exclusiva para esse público nas unidades da Atenção Básica e na Policlínica da Mulher

 

A Campanha de Vacinação Contra Influenza começou na última quarta-feira, dia 10, e segue até o dia 31 de maio, sendo o sábado, dia 04 de maio o Dia D de Vacinação. Em Volta Redonda, as doses estão disponíveis em todas as 44 unidades da Atenção Básica, das 8h às 17h, e também são aplicadas na Policlínica do Idoso, no Jardim Paraíba; e na Policlínica da Mulher, no Aterrado.

 

O secretário de Saúde do município, Alfredo Peixoto, avisa que até a próxima quinta-feira, dia 18, a vacinação é exclusiva para gestantes e crianças a partir dos seis meses até os cinco anos de idade. “Aconselho às pessoas que estão nesse público alvo a comparecer às unidades para garantir a imunização com mais conforto e sem filas”, disse, lembrando que a tendência é aumentar a procura a partir da quarta-feira, dia 24, quando todo público alvo poderá ser vacinado.

 

Ele informou ainda que a imunização contra gripe reduz as complicações, as internações e a mortalidade decorrentes das infecções pelo vírus da influenza na população. “E os grupos de fazem parte do público alvo estão mais vulneráveis”, alertou.  

 

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica da secretaria, Milene Paula de Souza, afirmou que os três primeiros dias de vacinação para crianças e gestantes foram de pouca procura nas unidades básicas. “Nas crianças foram aplicadas 945 doses, 5,7% da população a ser vacinada, que é de 16.649. Entre as 2.523 gestantes do município, 330 foram imunizadas, equivalente a 13% de cobertura”, informou Milene.  

 

A partir do dia 24 de abril (quarta-feira) até 31 de maio, todos os grupos prioritários devem se vacinar. Além das crianças e gestantes, estão incluídos as puérperas (mulheres no período até 45 dias após o parto); o trabalhador da área de saúde; professores; pessoas com 60 anos ou mais, apresentando documento para comprovação de idade; pessoas com doenças crônicas não transmissíveis; povos indígenas; população e funcionários do sistema prisional.  

 

O prefeito Samuca Silva lembra que o total de pessoas a serem vacinadas no município ultrapassa as 70 mil pessoas. “Temos doses disponíveis para todo o público alvo, mas temos como meta vacinar, pelo menos, 90% dessas pessoas”, disse o prefeito, pedindo que toda a população divulgue a campanha. “Se cada um se tornar multiplicador das informações sobre a importância da imunização, vamos atingir nosso objetivo”.

 

Por Renata Borges com fotos de arquivo Evandro Freitas – Secom/VR