Força-tarefa intensifica ação a cada etapa de flexibilização das medidas restritivas de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus

 

Volta Redonda completou nesta sexta-feira, dia 19, 45 dias do início da flexibilização das medidas restritivas de prevenção à Covid-19. A retomada gradual das atividades econômicas, por último o município liberou o funcionamento das academias com atendimento individual , sempre com regras rígidas para evitar o contágio pelo novo coronavírus, só foi possível pelo trabalho diário da força-tarefa implantada pela prefeitura para fiscalizar o cumprimento das normas estabelecidas em decreto. A ação é intensificada a cada etapa da flexibilização.

 

O prefeito Samuca Silva reafirmou que a força-tarefa exerce um papel fundamental e que o município só consegue avançar na flexibilização das medidas restritivas por conta da pandemia com fiscalização rígida das normas de prevenção à doença. “Mas reforço que a colaboração da população é mais importante ainda. O grupo de risco deve permanecer em isolamento social e as pessoas devem sair de casa em caso de necessidade. E, se sair, usem a máscara e adotem todas as orientações de higiene como lavar as mãos e usar álcool em gel”, pediu Samuca.

 

O grupo formado pela Guarda Municipal, as secretarias de Fazenda e de Segurança Público, a Vigilância Sanitária, além das polícias Militar e Civil e Ministério Público, age, principalmente, verificando as denúncias encaminhadas pela Central de Atendimento Único (CAU), pelo telefone 156, ou pelo aplicativo Fiscaliza VR. Durante a semana, os agentes públicos atuam na parte da tarde e na sexta, sábado, domingo e feriados incluem ações noturnas com foco em bares, restaurantes e locais públicos que podem gerar aglomeração de pessoas.

 

A equipe observa horário de abertura e fechamento de acordo com o ramo do estabelecimento; a marcação de distanciamento na fila, dentro e no lado externo; uso de máscara por funcionários e clientes; controle de quantidade de clientes permitida no interior do estabelecimento; além da disponibilização de álcool gel ou outro meio dos clientes limparem as mãos.

 

Nesta sexta-feira, dia 19, a força-tarefa verificou o funcionamento no sistema de drive thru em estabelecimentos na Avenida Amaral Peixoto, no Centro, e na Vila Santa Cecília. Durante a semana, também foram verificadas denúncias em loja de conserto de celulares, comércio de automóveis usados, templos religiosos, salões de beleza, barbearias, casas lotéricas, agências bancárias, clínica médica e supermercados. Os fiscais identificaram filas nas portas sem o distanciamento indicado; aglomeração; pessoas sem máscara; descumprimento do horário de abertura e fechamento. Todos os clientes e responsáveis pelos locais foram orientados. Nesta semana, não foram aplicadas multas ou interdições.

 

A equipe esteve nos bairros Água Limpa; Aterrado, Centro, Conforto, Dom Bosco, Jardim Vila Rica, Monte Castelo, Retiro, Santo Agostinho, São Geraldo, São João, São Luiz, Três Poços, Vila Mury, Vila Santa Cecília e Voldac.

 

É importante lembrar que, para manter e ampliar a flexibilização das atividades no município é preciso manter os seis eixos de monitoramento condicionantes dentro do limite. O número de casos suspeitos não deve aumentar em 5% por três dias seguidos; a ocupação de leitos no CTI não ultrapassar 50%; a ocupação de leitos no Hospital de Campanha não ultrapassar 60%; além de manter o grupo de risco em isolamento social; uso de máscara obrigatório nas ruas; e a proibição de qualquer tipo de aglomeração.

 

Secom/VR – com fotos de Evandro Freitas