A prefeitura de Volta Redonda está mantendo as fiscalizações nos estabelecimentos comerciais diariamente, garantindo o cumprimento dos decretos municipais de enfrentamento ao Novo Coronavírus (Covid-19). Neste domingo, dia 10, a força tarefa, que envolve vários setores da prefeitura, Polícias Militar e Civil, além do Ministério Público, esteve nos bairros Santo Agostinho, Retiro, Colina, Centro, Aterrado e Vila Santa Cecília verificando as denúncias da população.

 

Com mais uma etapa da flexibilização do comércio começando nesta segunda-feira, dia 11, as equipes da força tarefa farão rondas rígidas nos centros comerciais da cidade.

 

Vale lembrar que o descumprimento dos decretos, das normas sanitárias ou de funcionamento, pode acarretar em aplicação de penalidades previstas em lei. Entre elas, multa, interdição do estabelecimento, cassação de alvará, fechamento do estabelecimento, embargo, apreensão de bens, entre outras sanções.

 

O prefeito Samuca Silva garantiu que esse será um trabalho contínuo e rígido. Ele frisou que o objetivo é exclusivamente fazer com que as regras de prevenção sejam cumpridas para que o cotidiano possa retornar o mais breve possível.

 

“Ainda não existe vacina para essa doença, então o distanciamento social ainda é a melhor saída. Mas, diante de nossa capacidade de planejamento e medidas preventivas, estamos conseguindo flexibilizar as atividades. Mas é bom lembrar que isso só é permitido com medidas de acompanhamento do avanço do vírus, monitorando o aumento de casos e o número de leitos”, disse Samuca.

 
Secom VR – com fotos de divulgação