Oficina faz parte de série de cursos da Escola de Governo e Gestão

 

Um grupo de servidores de diversas áreas da Prefeitura de Volta Redonda participou na manhã desta quarta-feira, dia 23, da oficina Instrumentos de Democracia Digital (VR Interativa), realizada no auditório da secretaria municipal de Planejamento, Transparência e Modernização da Gestão (Seplag). A oficina faz parte de uma série de capacitações que serão promovidas neste ano pela Escola de Governo e Gestão de Volta Redonda.

 

A oficina foi conduzida pelo diretor de Participação e Controle Social, Marcos Vinícius, e pelo gerente de Divisão de Transparência, Deylor Oliveira, ambos membros da Seplag. De acordo com Marcos Vinícius, a ideia foi sensibilizar os servidores sobre o conceito de democracia digital, inserindo eles nas ferramentas de participação e controle social no meio digital.

 

“Como Volta Redonda é a primeira a implementar a ferramenta VR Interativa, de vídeo ao vivo e bate-papo, estamos capacitando os servidores para saberem operar essa ferramenta e disponibilizar o acesso do evento à população”, explicou Marcos Vinícius.

 

O diretor administrativo e financeiro da Cohab (Companhia de Habitação de Volta Redonda), Paulo de Alvarenga, participou da capacitação e afirmou que a ferramenta coloca Volta Redonda no Futuro.

 

“Possibilita a participação efetiva da população, contribuindo em tempo real com a Administração Pública. Amplia o alcance e a transparência do Governo Municipal”, comentou Paulo.

 

O secretário municipal de Planejamento, Transparência e Modernização da Gestão, Enock Azevedo, explicou que a VR Interativa é uma ferramenta que permite a transmissão ao vivo de audiências, reuniões e demais eventos da prefeitura de modo a possibilitar a quem assiste online realizar perguntas e interagir em um bate-papo.

 

“É o primeiro passo de uma construção que está sendo feita com o objetivo de chamar a população para participar mais da gestão. Identificamos que, às vezes, alguns eventos que são públicos tem um quórum físico baixo. O VR Interativa abre portas, caminhos para que a população participe de forma online”, explicou o secretário, acrescentando que outras ações serão implementadas no sentido de aumentar as possibilidades do cidadão participar da gestão.

 

“Todas as transmissões do VR Interativa serão gravadas no banco de dados, ou seja, posso, no dia seguinte, assistir a uma audiência inteira. Isso permite à população se programar em relação aos eventos públicos”, acrescentou Encok Azevedo.

 

De acordo com o prefeito Samuca Silva, ações como a implementação do VR Interativa reforçam o compromisso da administração municipal com a transparência e a participação popular.

 

“O cidadão tem o direito de saber sobre as ações do Governo Municipal e estamos ampliando esse acesso, além de trazer ele para fazer essa gestão conosco. Quanto mais a população participar, melhor será a qualidade dos serviços prestados”, afirmou Samuca Silva.

 

Capacitações continuam neste primeiro trimestre

 

A Seplag tem aproximadamente 15 cursos programados para o primeiro trimestre e as capacitações vão abordar temas variados, disponibilizando cerca de 500 vagas para os servidores municipais. Ainda em Janeiro, a programação inclui o Curso de Suprimento de Fundos, exclusivo para os secretários e diretores-presidentes das autarquias e fundações da administração municipal, no dia 31.

 

Em fevereiro, o calendário da Escola de Governo e Gestão prevê capacitação sobre Cidadania e Controle Social: Ouvidoria como Instrumento de Controle e Participação na Administração Pública, no dia 05; 1ª e 2ª Turma do Curso de Ética e Relacionamento Pessoal, nos dias 07 e 14 respectivamente; e palestra sobre Transparência Pública: a aplicação da Lei de Acesso à Informação, no dia 20.

 

Para o mês de março, as opções são palestra sobre o Papel da Mulher no Serviço Público, no dia 07; Curso de Execução Orçamentária Municipal, no dia 13; Curso de Compras Públicas na Gestão Municipal, no dia 20; e capacitação para os Conselheiros Municipais: O papel dos conselhos municipais na Administração Pública.

 

Ainda serão abordados neste mês, temas como gestão de conflitos; curso de informática básica; elaboração de projetos e captação de recursos; curso de liderança, exclusivo para os secretários e diretores-presidentes das autarquias e fundações; e mais uma turma de ética e relacionamento profissional.

 

Por Raphael Martiniano, com fotos de Evandro Freitas / SecomVR