Curso foi promovido pela Secretaria da Mulher, Idoso e Direitos Humanos e Escola de Governo e Gestão no bairro Siderópolis

 

A Prefeitura de Volta Redonda, através da Secretaria Municipal da Mulher, Idosos e Direitos Humanos(SMIDH), promoveu um Curso de Atendimento Humanizado à Pessoa com Deficiência na tarde desta segunda-feira, 23, na Escola de Governo e Gestão, no bairro Siderópolis, para cerca de 50 pessoas. O curso ministrado pela psicóloga Angélica Santos, com base na Lei Federal 13.146 de 2015 que criou o Estatuto de Defesa da Pessoa com Deficiência, atendeu a cerca de agentes  públicos de várias secretarias.

 

O objetivo principal do curso é “formar recursos humanos para atender o público alvo, sensibilizando as pessoas para um olhar diferenciado nas possibilidades de oferecer melhor atendimento às pessoas deficientes”, segundo a psicóloga Angélica Santos. Todos os participantes terão certificados pela participação. 

 

A data 23 de setembro representa o Dia Nacional de Luta pelos Direitos das Pessoas com Deficiência. A SMIDH pretende capacitar nos últimos meses do ano as equipes da Secretaria Municipal de Ação Comunitária que atuam nos CRAS (Centros de Referência e Assistência Social) dos bairros.

 

Na sua palestra, a psicóloga abordou os dez princípios de atendimento à pessoa com deficiência e suas diretrizes.  Ela citou que a Smidh e a Escola de Gestão e Governo estão trabalhando para multiplicar conhecimentos neste olhar diferenciado no atendimento público.

 

Participantes do cursos falaram da evolução neste atendimento. “Estamos agregando conhecimentos que são fundamentais no trato com as pessoas com deficiências”, disse Katiuscia de Castro, assistente social do Creas Aterrado, Centro de Referência Especializado em Assistência Social. 

 

O professor Paulo Sérgio Cruz Aguiar, da E. M. Wandir de Carvalho (Siderlândia), acrescentou. “A primeira ideia da capacitação foi nos ensinar a conhecer as diferentes questões de mobilidade, ampliando os nossos conhecimentos. O importante é aplicar dentro da nossa escola esse aprendizado”.

 

O prefeito Samuca Silva destacou este aperfeiçoamento dos agentes na rede publica na qualidade da prestação de serviços. “A inclusão deve ser um compromisso tanto público como na sociedade em geral, por isso estamos sempre investindo na capacitação como forma de referência e aprendizado nas mais diversas áreas”, comparou.

 

Por Afonso Gonçalves, fotos de Geraldo Gonçalves, Secom