Presidente e vice da instituição, que busca transparência, fez visita ao prefeito para acertar trabalho em conjunto

 

O prefeito Samuca Silva, recebeu na tarde desta terça-feira, 26,  representantes da Ong, Observatório Social do Brasil, de Volta Redonda,  em seu gabinete para um trabalho em conjunto com a entidade na questão do compartilhamento de informações públicas. A audiência foi com o presidente do OS, William Keller de Rezende Lima, o vice Edgar de Araújo Oliveira.

 

“Este encontro serviu para o poder público e o Observatório Social alinhar a melhor forma de trabalhar no acesso e transparência de informações, contribuindo para que toda a sociedade faça uma melhor fiscalização e acompanhamento das decisões públicas em prol da população, como é do nosso interesse e da nossa gestão ”, justificou Samuca.

 

O presidente, William Keller de Rezende Lima, que é auditor interno da Fundação Oswaldo Cruz (RJ) e o vice Edgar F. de Araújo Oliveira, consultor financeiro, foram recepcionados também pelo secretário de Planejamento, Enock  Azevedo, o gerente de Transparência Pública, Deylon de Oliveira, o Procurador Geral Augusto César Nogueira e  o Controlador Geral do município, Lúcio Graziadio Fernandes.

 

 O secretário de Planejamento Enock Azevedo comentou sobre as ações de transparência no município. “O encontro serviu para estreitar as relações com o Observatório e reforçar toda política de transparência que vem sendo construída pela prefeitura. Toda informação de órgão público, com algumas limitações legais, é pública. Então cabe a nós sempre facilitarmos esse acesso à informação”, enfatizou.

 

O presidente do Observatório Social - primeira diretoria eleita por aclamação e empossada em 18 de dezembro de 2017, na sede da Associação Comercial de Volta Redonda - William Rezende, classificou a reunião de ‘excelente’, justificando a importância da visita.

 

O Observatório desenvolve um trabalho técnico, sem vinculação partidária, focado em ajudar a prefeitura, o poder público, na transparências das informações de interesse da sociedade voltarredondense. Para participar do Observatório, o associado não poder ter nenhuma vinculação partidária, porque é um trabalho com visão técnica e independente, em benefício da sociedade”, explicou William  de Rezende.   

 

Segundo ele, a diretoria é formada por pessoas todas voluntárias, que não recebem, tendo como único compromisso ajudar o poder público na melhor aplicação dos recursos para a comunidade. “Fomos muito bem recebidos pelo prefeito Samuca e temos o Enock, Secretário de Planejamento Transparência e Modernização da Gestão, como o nosso interlocutor dessas informações. Um canal de transparência que está aberto com a prefeitura e queremos deixar para a nova diretoria que será eleita este ano”, concluiu.  

  

A diretoria da entidade é formada pelo presidente, e quatro vices, que são os empresários Eduardo Prado, Luiz Fernando, Edgar Araújo Oliveira e Mauro Lagata. A sede fica na Avenida Sete de Setembro, no Aterrado. Este ano haverá abertura do processo eleitoral para eleger por votos dos associados, uma nova diretoria no Observatório Social de Volta Redonda.   

 

Texto de Afonso Gonçalves, fotos de Gabriel Borges