Objetivo principal é inserir o aluno no esporte e criar vínculos com o clube da cidade

 

Com políticas públicas e ações efetivas de fomento ao esporte, a Prefeitura de Volta Redonda quer resgatar, agora, o vínculo dos alunos da rede pública municipal com o clube da cidade, o Voltaço. Para isso, o prefeito Samuca Silva recebeu nesta terça-feira, dia 28, representantes do time, que apresentaram o projeto para transformar os 39 mil alunos da rede em sócios-torcedores do clube. O assunto já havia sido abordado em reunião com representantes da diretoria e das torcidas organizadas do time.

 

Entre as contra partidas oferecidas pelo clube, está a seleção de 300 alunos da rede pública municipal para treinar nas categorias de base do Voltaço, além de acesso gratuito dos alunos aos jogos, desconto de 50% para o pai ou responsável, participação em sorteio para assistir a partidas fora da cidade e sorteio de brindes. O Clube também seria responsável pela manutenção das estruturas utilizadas.

 

Para o prefeito Samuca Silva, essa é uma forma de aproximar esses jovens do esporte e construir um vínculo entre eles e o time da cidade. “É uma iniciativa pioneira, não tem no Brasil um projeto como esse, de inserir os alunos como sócio-torcedores e aproximá-los do esporte dessa forma. Vamos deixar um grande legado”, comentou o prefeito.

 

Gustavo Horta, representante da diretoria do Clube, contou que esse é um sonho da torcida. “Começamos muito bem. Essa ideia de resgatar o vínculo do time com os moradores da cidade é ótima e fazer isso através de um projeto que envolva as crianças é a melhor forma”, afirmou.

 

A previsão é que o lançamento seja feito durante um jogo do Voltaço em março.

 

Secom-VR, com fotos de Evandro Freitas