Viagem da Melhor Idade beneficia mais de mil idosos

Roteiro incluiu visita ao Cristo Redentor, AquaRio, Boulevard Olímpico e visita externa ao Museu do Amanhã

 

São boas as lembranças dos idosos que viajaram para o Rio de Janeiro nesse mês de Dezembro, através do projeto Melhor Idade 2018, promovida pela Prefeitura de Volta Redonda. Cerca de mil idosos viajaram para pontos turísticos da cidade maravilhosa. Roteiro incluiu visita ao Cristo Redentor, AquaRio, Boulevard Olímpico e visita externa ao Museu do Amanhã. O programa Melhor Idade em Movimento é uma parceria da secretaria municipal de Esporte e Lazer (Smel); dos grupos de convivência da secretaria municipal de Ação Comunitária (Smac); e da Academia da Vida Oscar Cardoso da Fundação Educacional de Volta Redonda (Fevre).

 

Durante duas semanas de viagem, 24 ônibus saíram de Volta Redonda com destino à capital carioca para proporcionar um momento cultural, de lazer e descontração. A primeira semana de viagem aconteceu dos dias 03 ao dia 06, beneficiando diversão aos idosos. A sensação de sonho realizado era comum nos que foram ao Rio de Janeiro

 

Dalva do Nascimento Albuini, de 66 anos, estava no primeiro grupo, que viajou na última segunda-feira, dia 03. “O passeio foi maravilhoso. Elejo o Cristo Redentor como meu local preferido, desde a subida no trenzinho até a sensação de bem-estar aos pés da estátua”, disse a senhora que frequenta o núcleo do programa Melhor Idade em Movimento do bairro 249.

 

Também do núcleo da 249, Erly Silva, de 83 anos, elogiou o conforto e a atenção da equipe que coordenou a excursão. “Os guias e professores estavam sempre atentos e tinha até uma enfermeira para qualquer emergência. Com a minha idade, se sentir segura é muito importante”, falou.

 

As viagens foram retomadas com força total no dia 10, desta vez com idosos de grupos de convivência da Smac. No dia 11, foi a vez de 127 idosos do Melhor Idade em Movimento, dos núcleos Jardim Ponte Alta, Vila Americana, São Geraldo, academia de musculação do Raulino de Oliveira e Parque Aquático Municipal. No dia 12, viajam idosos do grupos de convivência da Smac.

 

Por fim, fechando esse ciclo turístico, no dia 13, foi a vez dos idosos do programa Melhor Idade em Movimento, dos núcleos Água Limpa, Santa Cruz, Açude e Ilha São João, além do grupo da Academia da Vida Oscar Cardoso.

 

Aos pés do Cristo Redentor, muita emoção. José Emílio de Alcântara, de 82 anos, que frequenta o núcleo do bairro Santa Rita do Zarur do programa Melhor Idade em Movimento (MIM), da secretaria municipal de Esporte e Lazer (Smel), fez questão de fazer a tradicional pose para a foto com braços abertos em frente à estátua. “É muito gratificante estar aqui. É mágico. Uma oportunidade imperdível”, afirmou Sr. José.

 

De acordo com a secretária de Esporte e Lazer, Maria Paula Tavares, que acompanhou os idosos em quase todas as viagens, o retorno recebido por eles fez o passeio ser muito positivo. “Eles ressaltaram a segurança e o conforto durante a visita aos pontos turísticos e também no restaurante que ofereceu o almoço”, citou Paulinha, afirmando que “é muito bom saber que gostaram, afinal, tudo foi pensado para o bem-estar deles”.

 

Em todas as viagens, os idosos foram recebidos por anfitriões da RioTour onde acompanharam em todos os pontos turísticos do Rio. Além disso, a Guarda Municipal foi acionada para garantir mais segurança aos grupos. 

 

No AquaRio, uma das mais ansiosas era Bernadete Faria, que mora no bairro Ponte Alta, mas frequenta o núcleo da 249. “A viagem está sendo maravilhosa. Já vim ao Rio algumas vezes, mas não tive a oportunidade de conhecer esses pontos turísticos. Estou encantada com tudo”, contou.

 

Além dos guias, em todos os dias de viagem houve um enfermeiro para todos os ônibus e um ou dois responsáveis por cada núcleo, dependendo do número de participantes.

 

Dayse Penna, secretária municipal de Políticas para Mulheres, Idosos e Direitos Humanos conversou com os idosos durante um dos dias do passeio para avaliar o nível de satisfação do grupo com o roteiro escolhido. “A resposta do grupo foi muito positiva. É uma satisfação saber que estamos no caminho certo com a escolha de pontos turísticos que unem diversão à história e à cultura do município do Rio de Janeiro e o resultado está conforme planejou o nosso prefeito Samuca”, disse.  

 

O prefeito Samuca Silva lembrou que os pontos turísticos do Rio Janeiro compõem o primeiro roteiro da Viagem da Melhor Idade. “Os idosos puderam escolher entre ir ao Rio agora em dezembro ou passar um dia em hotel fazenda. As viagens com o segundo roteiro serão realizadas em 2019”, disse Samuca, que fez questão de ressaltar a alegria em proporcionar um dia fora da rotina para esse grupo de idosos do município.

 

Por Secom/VR com fotos de divulgação.