Estádio Raulino de Oliveira sedia provas do Jevre

Mais de 400 alunos de 26 escolas participaram das provas

 

Os atletas que participaram nesta quinta-feira, dia 04, das provas de atletismo dos Jogos Estudantis de Volta Redonda tiveram uma grande surpresa: a presença do prefeito Samuca Silva, que foi prestigiar os competidores. Mais 400 alunos de 26 escolas, das 64 inscritas na competição, participaram das provas de atletismo nas categorias sub 14, sub 16 e sub 18.  De acordo com a secretária de Esporte e Lazer, Maria Paula Tavares, usar o estádio para a prova de atletismo deste ano foi um diferencial para os jogos. 

 

“É muito importante à ocupação do estádio e foi interessante trazer essa parte de atletismo para o local. Esse ano, contamos também com a interação dos alunos. A Federação do Estado do Rio de Janeiro de Beisebol veio até o estádio para mostrar o esporte para os atletas. Ainda é muito novo essa prática, mas todos ficaram encantados”, disse. 

 

O prefeito Samuca Silva realizou a entrega da premiação para as vencedoras do salto em distância, na categoria sub 16. O aluno Daniel Teixeira, de 14 anos do Colégio Getúlio Vargas achou diferente a competição ser no Raulino de Oliveira. “Participei dos jogos ano passado e achei muito bom a competição ser no estádio. Nós estamos acostumados apenas com futebol e ver o local com atletismo foi muito diferente. Fiquei surpreso também com a visita do prefeito. Isso mostra que ele se importa com a gente”, contou. 

 

Além do prefeito a secretária de Educação, Rita Andrade e o presidente da Fundação Educacional de Volta Redonda (FEVRE), Waldyr Bedê, estiveram presentes para prestigiar os alunos.  Para a secretária de Educação, Rita Andrade, o esporte colabora com o desenvolvimento dos alunos. “Quando eu era aluna também participava das competições de queimada. Sei como isso é importante no crescimento e desenvolvimentos dos alunos. A educação passa também pelo incentivo ao esporte e as relações sociais”, declarou.  

 

O prefeito Samuca Silva, destacou a importância de se fomentar o esporte na cidade e a grandiosidade dos Jogos Estudantis.  “São muitas escolas e alunos envolvidos no evento. Não é apenas a competição em si, mas todas as questões relacionadas a socialização que envolvem os Jogos Estudantis. Além da prática esportiva, o JEVRE tem sua função de cidadania. Conversei com os alunos e ouvi também suas necessidades, esse contato é muito importante, pois eles são o futuro da cidade”, falou. 

 

Por Maria Clara Sales com foto Gabriel Borges – SecomVR