Prefeitura inaugura Centro Municipal de Artes Marciais

Ceman vai funcionar no ginásio poliesportivo Amaro Inácio no bairro Retiro 

 

A prefeitura de Volta Redonda inaugurou nesta sexta-feira, dia 28, o Centro Municipal de Artes Marciais (Ceman). O espaço, que vai funcionar no ginásio Amaro Inácio, no Retiro, recebeu em sua abertura a presença de André Pederneiras, que é presidente do Shooto (um dos mais tradicionais eventos de MMA no mundo) nas Américas, que também é padrinho do projeto e do atleta Johny Eduardo, lutador do UFC (Ultimate Fight Championship).  

 

O prefeito Samuca Silva, destacou que o projeto visa usar o esporte como ferramenta de inclusão social. “O Ceman é uma ideia que acredito muito e vai potencializar os atletas da cidade. O esporte é um importante aliado na ferramenta de inclusão social, tirando da violência as crianças e os jovens. Nós acreditamos em uma sociedade melhor, e Volta Redonda vai se tornar uma referência na eficiência das ações e aplicação dos recursos. A população vai encontrar um espaço ideal para o esporte de alto rendimento”, disse. 

 

O local e vai atender crianças a partir de 6 anos, adolescentes, jovens, adultos e idosos. Inicialmente no Centro Municipal de Artes Marciais serão desenvolvidos os treinamentos para Jiu-Jitsu, Judô, Sambô, Grego Romana e Estilo Livre. O espaço vai contar também com treinamentos para Capoeira, Taekwondo, Kickboxing, Boxe, entre outros. 

 

Segundo o presidente do Shooto, André Pederneiras e padrinho do projeto Ceman, o esporte dá oportunidade e promove a cidadania.  

 

“Foi com grande prazer que aceitei o convite de estar aqui participando. Quando o prefeito Samuca me falou do projeto eu me comprometi a colaborar. O esporte dá oportunidade a criança e aos adolescentes. Grandes campeões do UFC vieram desses projetos realizados em comunidades e lugares de vulnerabilidade. Ter um projeto como esse em Volta Redonda é certo que servirá para  proporcionar aos participantes um futuro melhor. Independente de ter um aluno campeão, o importante é formar um cidadão”, afirmou.  

 

O lutador do UFC (Ultimate Fight Championship), Johny Eduardo, contou um pouco de sua história e parabenizou a iniciativa da prefeitura de Volta Redonda. 

 

“Hoje se sou reconhecido internacionalmente o responsável é o esporte. Ele salvou a minha vida e de outras pessoas também. Parabéns pela iniciativa que vai transformar o futuro de muitas crianças e adolescentes”, contou.   

 

Por Maria Clara Sales com foto Gabriel Borges – SecomVR