Festival começou na sexta-feira, dia 30, com Corpo Linguagem, homenagem aos coreógrafos do festival 2019 e exposição de fotos

 

A Sala Maestro Franklin no Centro Cultural Fundação CSN, na Vila Santa Cecília, em Volta Redonda, foi o palco da abertura oficial do Festival Dança VR 2019 na noite desta sexta-feira, dia 29, com a exposição Corpo Linguagem, que teve a participação especial da bailarina Giovanna Mariano com o repertório de Paquita. Na ocasião, foram homenageados com a entrega de certificados os 46 coreógrafos dos grupos que se apresentam no Festival de Dança de Volta Redonda durante este fim de semana, de 29 de novembro a 1° de dezembro.

O Festival prossegue neste sábado, dia 30, com as apresentações dos grupos de dança das 9h às 17h. Já no domingo, 1º de dezembro, o evento começa a partir das 14 horas no Teatro Auditório Maestro Franklin de Carvalho Junior, anexo ao Colégio Getúlio Vargas, no Laranjal. A galeria do Centro Cultural recebeu uma exposição de fotos dos festivais realizados nos anos de 2017 e 2018.

Os certificados foram concedidos pela Prefeitura de Volta Redonda, através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel), e em parceria com a Fundação CSN, Projeto Garoto Cidadão e Governo do Estado. A importância da parceria foi o foco dos discursos na abertura.

A secretária de Esporte e Lazer, Maria Paula Tavares, comentou que o Dança VR oportuniza a apreciação e a experimentação de diferentes expressões coreográficas de Volta Redonda e região, possibilitando que externem sua criatividade através da cultura corporal do movimento sob o viés da dança. "O evento vem se consolidando na atual gestão, pelo seu novo formato com a estrutura do Teatro Municipal Maestro Franklin de Carvalho e com a inserção de workshop, possibilitando a troca de conhecimentos e experiência entre os participantes, além de valorização e homenagem aos profissionais que abrilhantaram o espetáculo", explicou.

Maria Paula ainda acrescentou que em 2019 a parceria inédita com a Fundação CSN e o apoio institucional da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude potencializou ainda mais o festival, que fará parte do calendário oficial do Estado, uma conquista para o município.

Para a coordenadora do Centro Cultural, Giane Carvalho, participar da abertura do Dança VR é um prazer onde todos saem ganhando. "Uma parceria em prol da cultura da cidade, onde o Festival de Dança se tornou parte do calendário de ações, acolhendo as variadas manifestações da dança e promovendo conhecimentos, pesquisa e difusão da linguagem”, pontuou.

O vice prefeito, Maycon Abrantes, enfatizou que todos estão trabalhando juntos para construir uma cidade melhor e afirmou que esta é uma grande oportunidade também para os jovens participantes da dança. "É através da cultura e da arte que formamos cidadãos mais conscientes”, concluiu.

O presidente da Fevre (Fundação Educacional de Volta Redonda), professor Waldyr Bedê, também deu o seu recado. “O Dança VR é um encontro, um marco de valorização e de motivação para a juventude e para os profissionais que trabalham com a dança”, enfatizou.

Os coreógrafos homenageados Ravinia Sobrinho, Yane Cristina, Jonata de Oliveira e Lidia Almeida de Oliveira foram unânimes em considerar o Dança VR como um espaço de valorização de trabalho para os bailarinos e produção. “Muitos jovens têm, a partir do festival, portas abertas para um mercado de trabalho para dançar e ensinar a dança, podendo fazer da atividade uma carreira. É uma grande oportunidade”, disse Jonatas, do Explosão Dance, no Retiro, onde ensina forró junto com a parceira Lidia Oliveira para crianças, adolescentes, adultos e idosos, atendendo a cerca de 100 alunos como parte de um programa social.

Também estiveram presentes ao evento diversos secretários municipais, além de Evelini Reis, diretora de Lazer e Fomento da Smel, que também foi homenageada, e os convidados Letícia Costa, professora de dança do Projeto Garoto Cidadão da CSN, e Cris Bello, representando o Conselho Regional de Educação Física.

Por Afonso Gonçalves, fotos de Evandro Freitas, Secom