As competições foram realizadas na Arena Multiuso da Ilha São João, neste sábado, dia 06

 

Volta Redonda recebeu neste sábado, dia 06, a segunda fase dos Jogos Estudantis Estaduais do Rio de Janeiro. As competições foram realizadas na Arena Multiuso da Ilha São João. O evento é organizado pela Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude (SEELJE), com o apoio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (SMEL). Nesta segunda fase foram realizados jogos na modalidade de vôlei, nas categorias sub-14 e sub 17, masculino e feminino.

 

Cinco unidades escolares estão representando Volta Redonda na competição: Colégio Getúlio Vargas, Colégio Professora Themis de Almeida, Colégio Nossa Senhora do Rosário, Colégio Interativo e Colégio Garra. Os jogos contam com quatro modalidades coletivas: futsal, basquete, vôlei e handebol e onze modalidades individuais: atletismo, judô, natação, luta olímpica, luta greco romana, ginástica rítmica (feminino), xadrez, tênis de mesa, badminton, ciclismo, vôlei de praia.

 

 

“A primeira fase dos jogos também aconteceu aqui em Volta Redonda no começo de junho. A infraestrutura da cidade foi muito elogiada e reuniu muitos alunos. Também estamos visando o alinhamento do nosso Jevre”, contou a secretária municipal de Esporte e Lazer, Maria Paula Tavares.

 

Filipe Brito, coordenador técnico dos Jogos Estudantis, comentou que está muito satisfeito por estar realizando mais uma etapa das competições na cidade.  “Estamos felizes com a parceria com a prefeitura de Volta Redonda e ansiosos com a participação do Estado, como um todo, com os classificados para as quartas e semifinais das competições, que também acontecerão na cidade”.

 

Para o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, a parceria para a realização do evento na cidade é importante em diferentes vertentes. “Além de ser uma ótima forma de promover e fomentar o esporte na cidade. Ainda tem a questão econômica, porque temos muitas pessoas de outras cidades que vem para Volta Redonda participar do evento. Acredito também no esporte como prevenção a violência”, contou o prefeito.

 

Por Ana Maria Mansur, com fotos de Gabriel Borges - Secom/VR