Ação foi realizada pelos alunos de Educação Física do UniFoa no ginásio do bairro Santa Cruz

 

Nesta segunda-feira, dia 10, mais de 30 alunos do Projeto de Iniciação Desportiva (PID) da Secretaria de Esporte e Lazer (SMEL) foram avaliados por alunos do UniFOA do curso de Educação Física. A avaliação funcional faz parte de um projeto científico da instituição onde foram analisadas a parte motora (equilíbrio, flexibilidade e agilidade), a massa corpórea e estatura dos alunos de seis anos a 17 anos do PID. A ação foi realizada no ginásio do bairro Santa Cruz. Esse tipo de avaliação funcional também foi realizado nos alunos do Programa Melhor Idade em Movimento.

 

Segundo o professor e coordenador da pesquisa, José Cristiano Paes Leme, do UniFOA, a avaliação é muito importante para que a pesquisa acadêmica possa obter dados.

 

“A avaliação é importante para nossos alunos colocarem em prática o que aprendem dentro da sala de aulas e também para que possam coletar dados para a pesquisa, a parceria com a SMEL é muito importante para a realização deste trabalho”, disse.

 

Além do professor outros três alunos do curso de Educação Física participaram da atividade. A secretária de Esporte e Lazer, Maria Paula Tavares, destacou que esses resultados serão apresentados para a SMEL.

 

“Após o termino dessa avaliação esses resultados serão apresentados para a secretaria. Essa analise é de grande importância para que a SMEL possa identificar as fragilidades e potencialidades dos alunos do projeto para serem trabalhadas durante as aulas pelos nossos profissionais”, disse.

O prefeito Samuca Silva, enfatizou que a parceria entre a SMEL e a UniFOA é muito relevante para a melhoria das ações que são realizadas para a população.

 

“Todas essas avaliações mostram algum resultado que são aproveitados pela a equipe da SMEL. Isso faz com que as ações para a população sejam realizadas de forma mais sistemática e com uma maior qualidade. A parceria da SMEL com a UniFOA é essencial para esse trabalho”, contou.

 

O aluno Ruan Santos de nove anos achou divertido a avaliação realizada pela UniFOA.

 

“O professor pediu pra gente correr e agachar e pegar alguns cones. Foi diferente, nosso tempo foi cronometrado e eles pesaram e tiraram medidas. Achei divertido e ao mesmo tempo muito legal, nunca tinha feito nada parecido antes”, falou.

 

Por Maria Clara Sales com foto Evandro Freitas – SecomVR