Palestra aconteceu na Arena Esportiva e contou com a parceria da SMS

 

Em parceria com a secretaria de Saúde de Volta Redonda, a secretaria de Esporte e Lazer (SMEL) recebeu nesta segunda-feira, dia 03, uma capacitação com a temática dança circular para 60 profissionais de educação física da pasta. A ação coletiva visa à interdisciplinaridade para a melhoria do atendimento dos programas e projetos da SMEL. A capacitação foi realizada por Marina Marinho e Fabíola Angelita Martins, que abordaram as práticas integrativas e por Mara Lúcia Bueno, que realizou a oficina prática de danças circulares, alinhando a teoria e prática.

 

A secretária de Esporte e Lazer, Maria Paula Tavares, enfatizou que a ação entre as duas secretarias foi discutida através de um plano de trabalho. “Foi uma meta traçada pelas equipes da SMEL e da SMS. Onde surgiu a ideia de realizar a oficina de sensibilização para o projeto intersetorial entre as secretarias específicas para a melhor idade. Essas ações são de grande importância para trabalhar a prevenção, alinhadas as boas práticas e ao fomento ao exercício físico”, contou.

 

Segundo a diretora do departamento de Lazer, Evelini Reis as práticas integrativas são tratamentos que utilizam recursos terapêuticos. “A capacitação foi realizada baseada em conhecimentos tradicionais voltados a prevenção de doenças, usados também, como tratamentos paliativos em algumas doenças crônicas, oferecidas pelo SUS no atendimento que começa na atenção básica. Assim, o intuito é despertar mais profissionais e habilitar para a multiplicação deste benefício à população, possibilitando ações de cuidados transversais”, disse.

 

O prefeito Samuca Silva, destacou a importância das secretarias estarem trabalhando de forma conjunta para beneficiar a população da cidade. “São ações voltadas para trabalhar de forma conjunta e só visam beneficiar a população. Essa troca de informações e de experiência entre os profissionais engrandecem ainda mais os programas e projetos das secretarias. Trabalhar a prevenção de forma sistemática é nosso compromisso com a saúde e também com o esporte e lazer da cidade”, contou.

 

A diretora de informações, planejamento, inovação e qualidade da secretaria de Saúde, Marina Marinho, contou que a ideia partiu da sensibilização de trabalhar com os idosos da cidade. “Vamos traçar um perfil desses idosos e praticantes do programa da SMEL para complementar essas práticas integrativas e combater doenças como a obesidade e tabagismo. Melhorando ainda mais a qualidade de vida dessas pessoas. Esse foi o inicio dos trabalhos e a capacitação sobre danças circulares tem tudo pra dar certo com os idosos, pois trabalha muito a questão da energia, os professores que realizaram a atividade adoram a energia e saíram bem relaxados”, falou.

 

Por Maria Clara Sales, com foto divulgação - SecomVR