A Prefeitura de Volta Redonda, através da Secretaria Municipal de Educação, nesta sexta-feira, dia 13, informa que vai suspender as aulas na rede municipal e privada de ensino por medidas de precaução. A decisão segue o direcionamento do decreto do governador Wilson Witzel, faz parte do plano de contingência contra a multiplicação do Covid-19, o novo coronavírus. A suspensão das aulas começa a contar a partir desta segunda-feira, dia 16, e terá prazo de 15 dias, podendo ser prorrogada pelo mesmo período estabelecido.

A secretária de Educação, Rita Andrade, assegurou que a medida não vai gerar prejuízo ao calendário escolar. "As aulas serão compensadas pelos alunos em julho, quando normalmente ocorre o recesso escolar. É uma medida de prevenção, que segue todo o protocolo preconizado pelos órgãos competentes para proteger a saúde das nossas crianças", disse a secretária.


Nesta sexta-feira, a prefeitura de Volta Redonda criou um plano de contingência por conta do Coronavírus, além de preparação das unidades de saúde e leitos de retaguarda. Todos os eventos com aglomeração de público também foram cancelados.

Além disso, foi deliberado uma reunião com entidades empresariais, para treinamento e divulgação dos atos; treinamento pela equipe epidemiológica e da saúde para equipes que prestam serviços públicos na cidade;grande material de divulgação para cidadão via serviço público e privado de forma padronizada.

O estádio municipal não poderá receber público durante 15 dias e restrição de atendimento no zoológico e parque aquático, ambos gratuitos e públicos. Também haverá definição de uma unidade por distrito como ponto de referência para atendimentos de pacientes e dos leitos de retaguarda, caso necessário e de urgência, de 35 leitos já livres e 7 isolamento, além de duas salas vermelhas.

 

SME