Através do Centro Pop, parentes foram identificados e o homem de 66 anos pode retornar para o convívio familiar

 

O Centro Pop, da Secretaria de Ação Comunitária (Smac) da Prefeitura de Volta Redonda, ajudou para que a história de um senhor de 66 anos, Esmerildo Fonseca, que estava na cidade, tivesse final feliz. Na quarta-feira, dia 17, a equipe atendeu o homem e percebeu que ele estava desorientado. Através do serviço, a família foi localizada, e nesta quinta-feira, dia 18, o senhor retornou para sua casa, no município de Cruzeiro, São Paulo.

 

“A família contou que esqueceram o portão aberto e o idoso, que tinha Alzheimer e Esquizofrenia, saiu de casa no domingo, dia 14. Ele foi encaminhado ao nosso Serviço e conseguimos identificar a família, que estava procurando por ele”, contou a coordenadora do Centro Pop, Rozileia Delizandra Apolinário.

 

O prefeito de Volta Redonda frisou a importância que esse serviço social tem na cidade. “O Centro POP realiza um trabalho muito importante ao longo do ano todo dando auxilio para população mais vulnerável. A equipe é muito dedicada e se empenham para ajudar os assistidos”, comentou.

 

O Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua, o Centro POP, fica no bairro Aterrado e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h. O Centro Pop proporciona serviços de higiene pessoal, alimentação, retirada de documentos, contato familiar e atendimento psicossocial, e atende uma média de 40 pessoas por dia.

 

Secom VR