Centro-Dia Synval Santos promove concurso de fotografia

Trabalhadores e familiares dos idosos assistidos no local participaram da ação para lembrar o Dia Mundial da Pessoa com Doença de Alzheimer

 

O Centro-Dia Synval Santos de Atendimento para Pessoa Idosa com Alzheimer e Familiares de Volta Redonda premiou na tarde desta sexta-feira, dia 28, os vencedores do concurso de fotografia “O Olhar do Cuidador” pelo Dia Mundial da Pessoa com Doença de Alzheimer, celebrado em 21 de setembro. O concurso foi realizado em duas categorias: funcionários da instituição, ligada à Secretaria Municipal de Ação Comunitária (Smac), e os familiares dos idosos assistidos no local.

 

Cada participante pode concorrer com duas fotos. Os funcionários apresentaram 30 e os familiares 60 fotos no total. Os vencedores foram a cuidadora do centro-dia, Dulcineia dos Santos Silva Cabral, ela concorreu com foto que retrata a dança entre outra funcionária e uma usuária. “O trabalho aqui é um aprendizado diário e retratar um pouco desta convivência com os idosos com Alzheimer é uma homenagem a eles e seus cuidadores”, disse.

 

Entre os familiares, venceu a família do assistido Alcebíades Otaviano Teixeira. A foto “Momento do Banho” foi a que mais retratou o cuidado com a pessoa com Alzheimer na opinião dos membros do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, que formaram a comissão julgadora. “Escolhemos esta foto por retratar o nosso dia-a-dia com ele. A imagem mostra o cuidado entre o casal Magnólia e Alcebíades”, explicou a filha deles Heliete Teixeira.

 

A premiação, uma peça em mosaico confeccionada pelos usuários do Capd (Centro-Dia de Assistência à Pessoa com Deficiência), também ligado à Secretaria de Ação Comunitária) foi entregue durante lanche festivo para todos os assistidos no local.

 

A família de Sônia da Conceição não ganhou o prêmio pelas fotografias que enviou, mas deu exemplo de cuidado. O neto dela, Pedro, de 14 anos, afirmou que cuida da avó na ausência do avô. “Dou café, o lanche e levo até ao banheiro. Ela pode contar sempre comigo. Dou atenção e carinho, pois ela merece todo amor”, disse, com a confirmação do tio José Carlos Ramos.

 

De acordo com o coordenador do Centro-Dia, o psicólogo Vitor Freitas, o objetivo era comemorar o Dia Mundial da Pessoa com Doença de Alzheimer de forma criativa e lúdica. “Queremos também incentivar os familiares a terem um registro afetivo do idoso”, afirmou.

 

Ele completou que a importância de celebrar a data também passa pela necessidade de conscientizar a população sobre a doença devido ao aumento dos diagnósticos de Alzheimer no Brasil. “Temos hoje cerca de 1,2 milhão de pacientes com a doença no país. Acredita-se que o envelhecimento da população possa ser a principal causa”, explicou Vitor Freitas, alertando que é preciso aprender a identificar os sinais de alerta, que aumentam a possibilidade de diagnóstico precoce, além de conhecer a doença para saber como lidar.   

 

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, reafirmou que “a população idosa tem crescido. Como gestores públicos, devemos ajustar as nossas agendas e prioridades para este fato. É uma fase da vida que merece todo o nosso cuidado. O atendimento no Centro-Dia Synval Santos e o Hospital do Idoso comprovam a preocupação com a excelência do atendimento ao idoso em Volta Redonda”, destacou o prefeito.

 

O secretário de Ação Comunitária do município, Marcus Vinícius Convençal, acredita que a comemoração pelo Dia Mundial da Pessoa com Doença de Alzheimer vai ajudar as pessoas a entenderem melhor a doença. “Essa exposição de fotos vai promover a troca de experiências entre pessoas que já convivem com o Alzheimer”, acredita o secretário, lembrando que “o trabalho feito no Centro-Dia Synval Santos é único na América Latina”.

 

Centro Dia Synval Santos

 

“Fortalecer os vínculos familiares que se encontram fragilizados e garantir o direito à convivência social e comunitária do idoso com Alzheimer é o principal objetivo do Centro-Dia Synval Santos”, disse o coordenador Vitor Freitas. O local, que atualmente assiste 55 idosos com Alzheimer, com atendimento duas vezes por semana, funciona das 7h às 16h, na Rua Quinhentos e Quarenta e Seis, nº 101, Jardim Paraíba, e oferece todas as refeições do dia. Também há acompanhamento familiar individual e reunião em grupo uma vez por mês.

 

Os idosos são assistidos por equipe multiprofissional que inclui assistente social, fisioterapeuta, educador físico, psicólogo e nutricionista. O caminho para ser atendido no centro passa pelas unidades da Atenção Básica da Saúde, que encaminha o usuário para a Policlínica do Idoso e, caso seja constatado o Alzheimer em estágio intermediário, passa para o Synval Santos. “A partir daí há uma avaliação social para disponibilizar a vaga”, explicou Vitor.

                                          

Por Renata Borges com fotos de Evandro Freitas – Secom/VR