Samuca recebe Conselho Municipal de Política Cultural

Reunião discutiu manutenção do patrimônio cultural de Volta Redonda e a criação de projetos ligados ao turismo

 

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, recebeu na tarde desta quinta-feira, dia 08, representantes do Conselho Municipal de Política Cultural. Juntamente com a secretária municipal de Cultura, Aline Ribeiro, ele discutiu com o grupo a manutenção do patrimônio cultural do município e ouviu sugestões para implantação de projetos para fomentar o turismo pela cultura.

 

A manutenção do patrimônio cultural do município, com foco no Memorial Zumbi, Biblioteca Municipal Raul de Leoni, Espaço das Artes Zélia Arbex, todos na Vila Santa Cecília, e Memorial dos Ex-Combatentes, na Sessenta, foi o tema principal.

 

De acordo com a secretária de Cultura, Aline Ribeiro, o IPPU (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano) de Volta Redonda está vistoriando os prédios para identificar os problemas e executar projetos que possibilitam abertura do processo de licitação para início de revitalização dos prédios. “O prazo dado pelo IPPU, durante o encontro, foi até o final de novembro para conclusão da vistoria”, disse.

 

Ainda durante a reunião, o prefeito Samuca Silva se comprometeu com os membros do conselho a incluir R$ 200 mil no orçamento de 2019 para a revitalização do patrimônio cultural do município. “Acredito que este valor cubra as prioridades”, disse.

 

O vice-presidente do Conselho de Política Cultural, Djalma Augusto, que é historiador e agente de turismo, alertou que as reformas nestes espaços de cultura vão aumentar o fluxo de pessoas e até promover giro de capital no município. “É uma forma de unir a cultura ao turismo”, disse.

 

Seguindo o mesmo tema, o presidente do mesmo conselho, Carlos Eduardo Giglio, sugeriu acréscimo de informações ao site Turismo em Volta. “Sugiro que incluam um destino cultural no site, pois Volta Redonda é o município que mais produz cultura na região”, acredita.

 

O prefeito Samuca aproveitou o encontro e o surgimento do tema turismo ligado a cultura para comunicar aos membros do Conselho de Políticas Culturais a verba de R$ 15 milhões para projetos na área de turismo conquistada pelo município, através do Ministério do Turismo.

 

“Cadastramos diversos projetos, inclusive de manutenção do patrimônio cultural. Além disso, a previsão de implantar ou aprimorar identificação visual nestes pontos culturais”, informou o prefeito, lembrando que ainda estão previstas a implantação da Casa do Artesão e a restauração da Fazenda São João Batista, no Barreira Cravo. “Resgatar a história e a memória de Volta Redonda está em meu plano de governo”, concluiu o prefeito.  

 

Por Renata Borges com fotos de Gabriel Borges