Tour Cultural abriu programação comemorativa que segue até dia 27

 

Tradicional ponto turístico e de cultura de Volta Redonda, a Biblioteca Municipal Raul de Leoni está comemorando 64 anos e a Secretaria Municipal de Cultura (SMC) preparou uma programação especial. A abertura das comemorações aconteceu na manhã desta segunda-feira, dia 23, na biblioteca com um Tour Cultural promovido para jovens do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo do Cras (Centro de Referência de Assistência Social) Verde Vale.

 

Durante a visita à biblioteca, os jovens foram apresentados a alguns pontos culturais de Volta Redonda, seu funcionamento, suas obras e suas ocupações, além de conhecerem dados importantes como as datas de fundação e o porquê dos nomes dados a estes espaços.

 

Analice Aparecida Santos Silva, de 13 anos, que cursa o 8º Ano do Ensino Fundamental na Escola Municipal Rubens Machado, nunca tinha entrado em uma biblioteca e se mostrou encantada.

 

“Achei tudo bem legal, tem bastante variedade de livros. Adoro ler. Gosto mais de ler livros de terror, sobrenatural. Vou tentar vir mais vezes”, afirmou Analice, que estava acompanhada da colega de classe, Graziele Conceição Vieira, 14 anos. “Nessa biblioteca, só minha mãe e minha irmã já tinham vindo. Até já me chamaram, mas o tempo não dá. É muito legal, gostei das fotografias e também gosto de ler. Livros de ciências, anatomia, de terror e também de suspense”.

 

A coordenadora da biblioteca, Letícia Monteiro, contou que o espaço está abrigando exposições de fotografias, sendo a principal a com ícones da Literatura Brasileira.

 

“Queremos passar para essas crianças, inclusive para as que estão vindo pela primeira vez, quem são esses autores brasileiros, que são maravilhosos”, explicou a diretora da biblioteca, Letícia, citando que o Tour Cultural, que contempla também o Memorial Zumbi e o Espaço das Artes Zélia Arbex, é realizado através de agendamentos com escolas municipais, estaduais ou particulares e pode ser feito pelo telefone (24) 3350-8587.

 

Também expostas imagens antigas de Volta Redonda, de pontos culturais como os memoriais Zumbi e dos Ex-Combatentes, de visitas escolares à biblioteca, do antigo espaço da biblioteca quando funcionava no bairro Aterrado, além de 500 desenhos feitos pelos estudantes que visitaram a biblioteca.

 

A secretária municipal de Cultura, Aline Ribeiro, explicou que a programação de aniversário está com atrações para todos os públicos e vai até o dia 27. “Além das exposições, o público poderá participar da feira de troca de livros, e para o público infantil haverá contação de histórias. Pensamos em uma programação que também estimule o prazer de ler em todas as idades e reforce a importância da biblioteca pública para Volta Redonda, um espaço de cultura e conhecimento”.

 

Para o prefeito Samuca Silva, a biblioteca municipal é um ponto de referência para a cidade, sendo a maior da região. “É um local turístico, que atrai visitantes de outros municípios, é um espaço com diversos eventos culturais e que oferece um acervo com cerca de 25 mil títulos. E tudo de graça. Convido as famílias a aproveitarem essa programação especial de aniversário”.

 

História - A biblioteca foi criada em 22 de setembro de 1955 e inaugurada em 9 de agosto de 1969. Seu nome é em homenagem a Raul de Leoni, poeta da linha clássica. Funcionou primeiro no Aterrado, em frente à prefeitura. Depois foi para a Ilha São João e, desde 1992, está na Vila Santa Cecília.

 

PROGRAMAÇÃO:

 

EXPOSIÇÃO PERMANENTE “GETÚLIO VARGAS POR CLÉCIO PENEDO”

Das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira.

 

FEIRA TROQUE LIVROS - EDIÇÃO PRIMAVERA

25/09 (quarta-feira)

Das 8h às 18h

Objetivo: estimular a leitura e fazer a informação circular através da troca e doação de livros.

 

CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS

- 26/09 (quinta-feira) - 14h

Histórias: “Assim Assado” de Eva Furnari e “O Menino e o Rei”

Contadora da História: Gláucia

- 27/09 (sexta-feira) - 14h

História “A Floresta”

Contadores de Histórias: José Anselmo Tavares e Letícia Monteiro Machado

 

Por Raphael Martiniano, com fotos de Geraldo Gonçalves. / Secom VR