Shows, danças, exposições e brinquedos vão movimentar as 27 horas de programação neste final de semana

 

A Prefeitura de Volta Redonda, em parceria com o Gacemss (Grêmio Artístico Cultual Edmundo Macedo Soares e Silva) e Fundação CSN, deu início nesta sexta-feira, dia 26 a primeira Virada Cultural com 27 horas direto de programação.  A banda municipal fez a abertura do evento que irá se estender até o sábado, dia 27 promovendo a diversidade cultural no município. As atividades fazem parte das comemorações pelos 65 anos de Volta Redonda, completados no último dia 17 de julho.

 

O Prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva disse que é muito importante a realização de mais um evento cultural no município. “A movimentação da cultura, onde o poder público está cumprindo o seu papel e ao mesmo tempo fomentando a economia. Estamos sempre propondo questões novas com projetos culturais pelas escolas, pelos espaços culturais e abrindo espaço para que os artistas ocupem esses espaços”, destacou o prefeito.

 

A programação inclui shows com Julinho Palmares, Meninos do Batuque, Pedra Sonora, Sérgio Vieira, Pagode Gospel, Banda Municipal de Volta Redonda, trompetes do projeto Cidade da Música, além de Baile Charme. Ainda haverá apresentação do Jongo de Volta, exposição de arte, capoeira, show de talentos com estudantes da Fevre (Fundação Educacional de Volta Redonda), Folia de Reis Jornada Estrela Maior, entre outras atividades.

 

A Virada Cultural vai acontecer no Palco do Centro Cultural da Fundação CSN, no Memorial Zumbi dos Palmares e Teatro Gacemss, além da Praça Rotary. A secretária de Cultura, Aline Ribeiro, disse que a entrada é franca. “Esse espaço é da arte, é da cultura, é do artista de volta Redonda. São 27 horas de programação intensa pensada com muito carinho pelas três instituições, com um trabalho colaborativo em prol da cultura da cidade. O Prefeito Samuca tem incentivado ações e projetos como esse, integrando todas as secretarias”, comentou Aline.

 

Essa é a primeira vez na história da cidade onde a Secretaria de Cultura, o GACEMSS e a Fundação CSN se unem para realizar juntos e de forma colaborativa quase 30 horas intensa de programação cultural. “Queremos convidar a população a se apropriar dos espaços culturais por meio da arte, da música, da dança, das manifestações populares”, acrescentou Aline.

 

O presidente do Gacemss, Paschoal Possidente, destacou a revolução cultural para Volta Redonda, com este momento especial.  “Este será um primeiro novo momento para a Cultura em nossa cidade e esperamos prolongar a parceria para a realização de muitos outros projetos e iniciativas semelhantes”, disse.  

 

A coordenadora da Fundação CSN, Giane de Carvalho, falou da importância da realização da Virada Cultural. “Esta será uma Virada Cultural  marcada pela diversidade, com muitas tribos representadas: do samba ao gospel, passando pelo rap, funk e folia de reis. E, em diversas linguagens como literatura, teatro, dança, grafite, música e arte popular em geral. No lugar do ódio e do preconceito, a fraternidade e a convivência com a diferença. É a economia criativa fazendo a sua diferença”,concluiu.

 

Por Renan Ferreira com fotos de Gabriel Borges

Secom/VR