Estudantes da Rede Municipal de Volta Redonda participam de competição e mostra de robótica

Equipe com seis alunos da Escola Municipal Rubens Machado está em João Pessoa para evento entre os dias quatro e dez de novembro

 

Uma equipe com seis estudantes da Rede Municipal de Volta Redonda está em João Pessoa, na Paraíba, para evento que reúne as competições Brasileira e Latino Americana de Robótica e a Mostra Nacional de Robótica, além de exposição, simpósio e workshop sobre o tema. Eles participam do projeto de robótica – Roboticando no Rubão – da Escola Municipal Rubens Machado, no Verde Vale.

 

O grupo está acompanhado de dois professores, incluindo a coordenadora do projeto, Patrícia Pereira, que faz mestrado em Ensino de Ciências. Ela lembra que a escola incentiva a prática da robótica desde 2013 e seus alunos já conquistaram prêmios importantes como o segundo lugar em competição nacional, o terceiro e o primeiro prêmios em competição latino americana em anos consecutivos.

 

“Em 2017, os alunos do Rubens Machado participaram do Mundial de Robótica do Japão, realizado na cidade de Nagoia. Esses eventos são importantes como incentivo a se dedicar cada vez mais às pesquisas e também promovem troca de experiências entre alunos de culturas diferentes”, afirmou Patrícia.     

 

Neste evento, em João Pessoa, os alunos Emily Lima, do 9º ano; Letícia Faria, do 8º; além de Gabriel Cândido e Arthur Santos, do 7º, participam das competições Brasileira e Latino Americana, na categoria OnStage. Já Júlia Martins e Vitor Romero, do 6º ano, estão na Mostra Nacional de Robótica.

 

Eles apresentam o Robô Amb (robô ambiental), que ensina os seres humanos a limpar o lixo descartado no Planeta Terra. É um painel com um monitor cardíaco que, com um sensor, aumenta o batimento conforme o lixo é retirado. E ao mostrar o lixo para o robô, a “lixetrônica” é acionada com a lixeira correta para o descarte de cada material. Visualmente colorido para chamar atenção dos participantes, o corpo do robô é coberto por pintura inspirada em Romero Britto.

 

De acordo com a estudante Júlia Martins, do 6º ano, o objetivo da participação da Escola Rubens Machado neste evento é chamar atenção para ações de preservação do Planeta Terra. “O mundo está morrendo por causa da poluição e do descarte incorreto do lixo, queremos deixar essa mensagem”, afirmou, ressaltando que a troca de experiência com outras equipes de robótica também é muito importante.

 

O prefeito de Volta Redonda Samuca Silva afirma que incentivar atividades extraclasse promove a curiosidade e a pesquisa entre os estudantes. “Esse projeto de robótica tem apresentado bons resultados e divulgado o nome de Volta Redonda positivamente em diversas cidades do país”, comentou Samuca, lembrando que investir em educação é um compromisso do governo municipal.   

 

Por Renata Borges com fotos de divulgação