Oficina sobre cidadania no trânsito é realizada para professores em Volta Redonda

Cerca de 90 profissionais participaram da atividade no Auditório da SME

Os professores do 4º e 5º ano da rede municipal de Volta Redonda participaram nesta quinta-feira, dia 25, da segunda etapa de formação sobre educação no trânsito em parceria com o programa ‘Caminhos para a Cidadania’, do Instituto CCR. Mais de 90 profissionais participaram da atividade no auditório da Secretaria Municipal de Educação. Além da palestra sobre o trânsito, os professores receberam uma capacitação sobre a utilização do storytelling, para desenvolver a temática de forma criativa nas salas de aula.

De acordo com a secretária de Educação, Rita Andrade, a capacitação foi realiza em duas etapas e os trabalhos desenvolvidos em sala de aula já foram entregues aos motoristas. “Esse trabalho já está acontecendo há alguns meses e outras ações foram desenvolvidas dentro dessa temática. Os alunos da rede municipal desenharam e seus trabalhos foram entregues aos motoristas que passam pela Nova Dutra. Além de cidadania estamos mostrando a segurança no trânsito e aliando os alunos com prática seguras”, disse.

O objetivo da ação é tornar os profissionais de educação multiplicadores, formando alunos conscientes. Segundo Priscilla Lundstedt Rocha, formadora do programa da CCR Nova Dutra, o Caminhos para a Cidadania é uma iniciativa sócio educacional que leva ensinamentos e reflexões sobre segurança no trânsito,cidadania e proteção ambiental aos alunos dos 4ºs e 5ºs anos das redes públicas de ensino. 

 “O programa vai ajudar a desenvolver, na prática, o aprendizado através de um aplicativo Stop Motion para vídeo e encenação. Porém se o professor optar por usar outros recursos necessários, ele poderá desenvolver através de atividades com outros materiais que foram fornecidos no encontro”, contou.

O prefeito Samuca Silva, destacou a importância de se abordar esse tema com os professores para que eles sejam multiplicadores da cidadania e segurança no trânsito. “Essa é uma parceria importante que contribui muito na formação dos nossos estudantes, porque todo aprendizado dos professores durante esses cursos são repassados para os alunos em sala de aula. O objetivo principal é contribuir para uma comunidade mais consciente, preservando vidas e formando jovens cidadãos”explicou Samuca. 

A professora Maria Cristina Ferreira, parabenizou a ação e a forma didática que a informação foi passada. “Temos que usar todos os recursos para ensinar nossos alunos. E atrelar a tecnologia ajuda nesse desenvolvimento. Achei muito importante essa capacitação, em breve nosso alunos vão estar cobrando de seus pais essa responsabilidade”, declarou.

Por Maria Clara Sales com foto Geraldo Gonçalves