Temas como a importância da inclusão das crianças com deficiência e acolhimento às famílias foram discutidos durante encontro

 

Professores da Educação Infantil, desde o maternal I até o segundo período, participaram nessa quarta-feira, dia 08, de uma capacitação sobre “Estimulação do aluno com deficiência”, que aconteceu no auditório secretaria municipal de Educação. Foram oferecidas duas vagas por unidade educacional, uma para cada turno. As equipes das escolas foram orientadas a inscrever professores que possuam, matriculado em sua turma, aluno com deficiência.

 

Taís Machado, Chefe de Seção da Educação Especial da SME, explicou que durante o encontro foram discutidos temas ligados aos alunos com deficiência que estão incluídos nas classes de educação infantil. “Estamos falando de como o trabalho pode ser realizado dentro da rotina da educação infantil para estimular qualquer criança e proporcionar o melhor desenvolvimento para ela”, disse Taís.

 

A Palestrante Adriana Câmara de Souza Rodrigues, Supervisora Educacional do Centro Municipal de Educação Infantil Alzira Vargas, falou sobre a importância da inclusão das crianças com deficiência, do acolhimento às famílias e a importância da estimulação dessas crianças. “Passar a minha experiência para outros profissionais é dividir um pouco do meu trabalho com crianças de diversas deficiências e mostrar que tudo é possível. Trabalhar com criança com deficiência é muito mais rico do que elas podem imaginar. É um engano a gente achar está ensinado algo, pelo contrário, eles nos ensinam muito mais. O deficiente não precisa da nossa pena, ele precisa da nossa ação”, disse a palestrante.

A professora Patrícia Henriete, da Escola Municipal Marlene Mendes, ressaltou sobre a importância de participar da capacitação. “É uma forma de melhorar as minhas práticas pedagógicas. As trocas, as experiências, as vivências que elas estão passando são importantes para que eu melhore o meu trabalho”, disse a professora.

 

Para a secretária municipal de Educação, Rita Andrade, a inclusão é um direito do aluno e uma obrigação poder publico. “Estimular a criança dentro da escola é fazer com que ela cresça como ser humano e aluno. Nessa captação os professores estão novas técnicas e modelos de estimulação e de capacitação para que essas crianças sejam cada vez mais estimuladas na inserção da sociedade”, conclui a secretária.

 

O prefeito Samuca Silva ressaltou que essas capacitações vão contribuir para que os alunos que necessitam de atendimento educacional especializado estejam ainda mais incluídos. “Queremos preparar o professor dando subsídios para que eles possam dar um melhor atendimento as necessidades dos alunos”, explicou.

 

Por Fátima Santos - SecomVR