Oficinas começaram nas quatro escolas em tempo integral da SME com atividades variadas

 

Pensando no bom desenvolvimento dos alunos, a Fundação Beatriz Gama e a Secretaria Municipal de Educação de Volta Redonda firmaram uma parceria para levar oficinas às quatro escolas em Tempo Integral. O projeto começou a funcionar nesta segunda-feira, dia 1º, e vai contar com as mais variadas atividades com programações intercaladas entre as instituições. As oficinas são de violão, capoeira, taekwondo, tênis, futsal e prática de banda musical.

 

 O diretor pedagógico da FBG, Rodrigo dos Santos, explicou que as oficinas já começaram com suas atividades, como a Escola Municipal Amazonas, que propôs aos alunos, aula de violão.  “Esse projeto é muito importante, pois essas escolas receberão atividades diversificadas, culturais e esportivas. Além disso, a gente poder levar para essas crianças, outras vivências, potencializando e gerando resultados positivos”, contou Rodrigo completando que as Escolas Municipais Maria Carraro, Pernambuco e Mato Grosso também contam com atividades do projeto.

 

 Para a diretora da Escola Municipal Amazonas, Silvana Chavier, essas atividades vão auxiliar no desenvolvimento dos mais de 110 alunos que participam do projeto. “Hoje estamos com a aula de violão, amanhã teremos tênis, depois taekwondo e assim por diante. São alunos do 4º e 5º ano com idades de 09 e 10 anos que estão animados com essas atividades”, afirmou Silvana.

 

A secretária de Educação, Rita Andrade, disse que esse projeto vem sendo desenvolvido desde o inicio do ano. “Esse é um projeto piloto e estamos com uma expectativa muito boa, para que gere resultados positivos. Estaremos trabalhando para que no futuramente o projeto seja expandido para outras escolas”, explicou Rita.

 

Durante a aula de Violão, a aluna Emily dos Santos, de 10 anos, disse que esta adorando esse primeiro dia de aula. “Eu comecei a tocar violão, com o meu irmão na igreja. Quero aperfeiçoar e aprender muito a tocar a música ‘Aleluia’”, disse Emily empolgada.

 

 O Prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, disse que é importante esse projeto para o aprendizado dessas crianças. “Esse trabalho sendo bem desenvolvido reflete no futuro desses alunos e estimula a desenvolver novas técnicas. Além disso, a troca de experiência ajuda na realização dessas oficinas”, finalizou Samuca.

 

Por Renan Ferreira com fotos de Gabriel Borges - Secom/VR